Clique e Assine SUPER por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

“Vacina na Covid vai dizimar os tubarões.” Não é bem assim…

Notícia que circulou pela internet dizia que esses animais seriam sacrificados para extrair o esqualeno, substância usada na vacina

Por Bruno Garattoni Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
20 Maio 2021, 16h22

O que a notícia dizia

A produção de vacinas contra o coronavírus exigirá que 500 mil tubarões (que estão ameaçados de extinção) sejam sacrificados.    É que as vacinas contra o Sars-CoV-2 são feitas com esqualeno, uma substância extraída do fígado de tubarões (cada dose contém 10 miligramas de esqualeno).

Qual é a verdade

Várias vacinas, não só as da Covid, contêm esqualeno, que é usado como adjuvante: uma substância que aumenta a resposta imunológica do organismo ao antígeno em si (fragmentos de vírus). Mas ele pode ser sintetizado em laboratório, ou extraído de plantas. E mesmo se 500 mil tubarões tivessem de ser mortos, esse número é irrelevante se comparado ao ritmo atual – a cada ano, os humanos caçam mais de 60 milhões desses animais. 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.