GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Exército chinês começa a ocupar ilhas artificiais

Construções no Oceano Pacífico aumentam a tensão com potências ocidentais

O país terminou de construir três ilhas artificiais no mar do Sul da China, uma região do Pacífico pela qual passa 30% de todo o comércio marítimo mundial, e começou a instalar bases militares, radares e lançadores de mísseis nesses locais, segundo fotos de satélite divulgadas pelos EUA.

Os chineses se dizem donos da área, que também contém grandes reservas de petróleo e gás natural, mas sua posse não é reconhecida pelos outros países da região, como Vietnã, Filipinas e Malásia, e pelas potências ocidentais.

As ilhas artificiais ficam sobre recifes e ilhotas, que foram cobertas com enormes quantidades de areia e concreto ao longo dos últimos dez anos.

Como resposta, a Inglaterra mandou a fragata HMS Sutherland, armada com mísseis antiaéreos e antissubmarino, ir atravessar a região – coisa que, segundo ela, todos os países têm o direito de fazer.

O governo chinês respondeu realizando exercícios militares com navios e jatos. Também declarou que “o mar do Sul da China é calmo e tranquilo”, e espera que “outros países não comecem a criar problemas”.