Clique e Assine por apenas 8,90/mês

Como dar adeus ao ar-condicionado

Por Estúdio ABC - Atualizado em 4 nov 2016, 18h53 - Publicado em 10 set 2015, 13h45

Quando o jovem engenheiro Willis Carrier inventou o que seria o primeiro ar-condicionado da história, em 1902, ele mal podia imaginar que sua criação se tornaria símbolo de modernidade e, hoje, de gasto de energia. O ar-condicionado é responsável por 5% da conta de luz de uma casa.

Com o tempo ficamos cada vez mais dependentes do aparelho. Imagine a indústria cinematográfica sem o ar-condicionado, que chegou aos cinemas em 1920, fazendo com que as férias de verão fossem aproveitadas para bons lançamentos de Hollywood na telona.

Mas se a ideia é economizar energia elétrica, o jeito é fugir do ar-condicionado. Empresários japoneses preocupados com a escassez de energia inventaram duas engenhocas que prometem refrescar a vida em dias quentes. Uma delas é uma jaqueta com ventilador embutido. Você veste, aperta um botão e dois ventiladores pequenos fazem o ar circular. Outra é um lenço especial que, mergulhado na água fria por alguns minutos, mantém a temperatura por até 40 horas. Aí é só enrolar a peça no pescoço e esperar a temperatura do corpo cair até 2 graus. 

Na Espanha, estudantes do Instituto de Arquitetura IAAC também buscaram uma alternativa ao ar-condicionado. Criaram um protótipo de parede formado por bolhas de hidrogel. Cada bolha é capaz de reter 400 vezes seu volume em água, que evaporaria em dias quentes, fazendo a temperatura cair. 

Continua após a publicidade

Enquanto essas invenções não chegam ao Brasil – se é que um dia chegarão -, é possível apostar em outros eletrodomésticos que, se não substituem o ar-condicionado, pelo menos ajudam a aplacar o calor. 

Veja as diferenças principais entre as opções existentes no mercado e faça a sua escolha.

Ventilador

É a opção mais barata. Eles distribuem o ar de maneira concentrada e direcionada. Há modelos de vários tamanhos e potências e a escolha vai depender da necessidade. Hoje, existem até os que funcionam por USB, para ventilar enquanto você está sentado em frente ao computador, trabalhando. 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

Circulador de ar

Como o próprio nome diz, esses aparelhos fazem o ar circular no ambiente, com uma distribuição de maneira mais uniforme. Tendem a ser mais silenciosos do que os ventiladores e são indicados para espaços maiores, onde há mais pessoas. 

 

Continua após a publicidade

Climatizador de ar

Eles diminuem a temperatura do ambiente por meio da evaporação da água. Têm um reservatório de água e, quando o ar é ventilado, essa água evapora e as gotículas fazem a temperatura cair até 2 ou 3 graus. Algumas opções permitem que você utilize água gelada, o que refresca ainda mais. Outras possuem ar frio e também ar quente, para os dias frios. Eles gastam bem menos energia do que um ar-condicionado, mas o resultado final é bem diferente. 

 

Continua após a publicidade
Publicidade