GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Dias em que a Terra pára

Segundo cálculos efetuados pela primeira vez nos EUA, a energia liberada pelos terremotos muda a rotação da Terra, acelerando ou diminuindo o dia em milionésimos de segundo.

Resultado de terríveis descargas de energia subterrânea, os terremotos não espalham a destruição apenas na superfície do planeta. Podem atingir a própria Terra, segundo cálculos efetuados pela primeira vez nos Estados Unidos. A energia liberada pelo grande sismo que, em 1989, devastou as Ilhas Macárias, no Pacífico, efetivamente acelerou a rotação do planeta. O pulo foi ínfimo: a duração do dia diminuiu 0,06 milionésimos de segundo. Do ponto de vista da geologia, porém, em que os menores fenômenos podem acumular-se por milhares de ano, trata-se de um fato relevante. É o que o pensam os pesquisadores Martin Gross e Fong Chão, do Instituto de Tecnologia da Califórnia, autores das contas. Eles estimaram também os efeitos do terremoto do Alasca, de 1964, que, em vez de acelerar, retardou o movimento da Terra e fez a duração do dia aumentar 7 milionésimos de segundo.