GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Ele vale por 3 000 terras

Entre os nossos vizinhos solares, o maior de todos é exatamente Júpiter, com 143 000 quilômetros de diâmetro ¿ 11 vezes o tamanho da Terra.

Os astrônomos já conseguiram detectar pelo menos 65 planetas fora do sistema solar, embora nunca tenham conseguido ver nenhum deles por causa do intenso brilho das estrelas em torno das quais eles orbitam. De acordo com o Observatório de Paris, o maior desses planetas extra-solares gira ao redor de uma estrela longínqua, denominada HD 141937. Batizado por isso mesmo de HD 141937 b, o planeta é gigantesco e sua massa corresponde a 9,7 vezes à de Júpiter (Júpiter, o maior planeta do sistema solar, é usado como referência para determinar o tamanho de planetas fora do sistema solar. Comparado com a Terra, esse distante superplaneta é 3 000 vezes maior. Entre os nossos vizinhos solares, o maior de todos é exatamente Júpiter, com 143 000 quilômetros de diâmetro – 11 vezes o tamanho da Terra. Seu vizinho Saturno é apenas um pouco menor (120 000 quilômetros) e Plutão, o mais distante do Sol, com 2 274 quilômetros, chega a ser menor até que a Lua (3 476 quilômetros). Ao contrário do que se possa imaginar, nem todos os planetas solares são constituídos de rocha e metal, como a Terra. Essa composição só é encontrada em Mercúrio, Vênus e Marte, os mais próximos do Sol. Os cinco planetas restantes – Júpiter, Saturno, Urano, Netuno e Plutão – são gigantescas bolas de gás ou líquido, exceto Plutão que, de tão distante do Sol – 6 bilhões de quilômetros – é uma minúscula bola de gelo.

• A estrela mais próxima do Sol é Proxima Centauri, uma anã vermelha da constelação de Centauro, a 40 trilhões de quilômetros ou cerca de 4 anos-luz do Sol.

• Sirius A, que fica a 8,6 bilhões de anos-luz da Terra, é a estrela mais brilhante vista da Terra. Se você quiser identificá-la, localize primeiro as Três Marias. Ela será um ponto luminoso a sudeste delas.