Clique e assine a partir de 5,90/mês

Somos poeira de estrelas

Ao final do terceiro minuto, prótons e neutrons já tinham se formado e começavam a se unir para dar origem aos primeiros elementos ¿ hidrogênio e hélio ¿, que viriam a dar origem às galáxias.

Por Da Redação - Atualizado em 31 out 2016, 18h31 - Publicado em 1 mar 2002, 01h00

A teoria mais aceita para elucidar a origem do universo é a do Big Bang – uma explosão que teria liberado uma quantidade infinita de energia. Os astrônomos sustentam que ela ocorreu entre 13 e 15 bilhões de anos atrás. Ninguém conseguiu explicar sua causa, mas acredita-se que, antes do Big Bang, tudo o que havia no universo estava concentrado numa partícula microscópica, menor que um átomo e infinitamente quente. Um segundo após a explosão, essa partícula já tinha se transformado num corpo imenso e sua temperatura caíra para “apenas” 10 bilhões de graus Celsius. Ao final do terceiro minuto, prótons e neutrons já tinham se formado e começavam a se unir para dar origem aos primeiros elementos – hidrogênio e hélio –, que viriam a dar origem às galáxias. No entanto, os elementos fundamentais para a vida, como os átomos de carbono, só apareceram muito mais tarde, forjados no núcleo das estrelas.

• Cerca de 300 000 anos após o Big Bang, o universo deixou de ser uma bola de fogo opaca e tornou-se o mundo transparente em que vivemos hoje.

Publicidade