GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Toma essa, Batman: a super-roupa que deixa você mais forte

Centro de pesquisas apresenta o protótipo de um traje robótico desenvolvido para ajudar idosos a andar e soldados a lutar.

Não é só na estética que o Superflex faz lembrar o traje de algum super-herói. A roupa justa, cujo protótipo foi apresentado pela SRI International, um laboratório de pesquisa e desenvolvimento que presta serviço para governos, realmente tem superpoderes. Trata-se de um exoesqueleto robótico, capaz de dar impulsos nos braços, nas pernas e no torso para aumentar a força de quem estiver vestido nela.

O projeto foi financiado pela Darpa, a Agência de Projetos de Pesquisa Avançada em Defesa, um órgão militar do governo dos Estados Unidos. Mas a utilidade mais imediata do traje é bem civil: vestir idosos com dificuldades de locomoção. Os pesquisadores da SRI acreditam que a invenção pode substituir os velhos andadores, que, embora sejam tremendamente úteis, “desempoderam, tiram a dignidade, a liberdade e causam vários problemas psicológicos”, como disse Manish Kothari, presidente do laboratório, no anúncio do lançamento.

LEIA:
Seu novo eu.
Quais os pontos fortes e quais as kriptonitas de Batman vc Superman.

No mundo militar, o plano é que os trajes sejam úteis principalmente para ajudar soldados a carregarem peso durante deslocamentos. O Superflex vem equipado com vários sensores e a ideia é que ele aprenda os padrões de movimentos de cada usuário, de maneira a poder dar as descargas de força nos momentos exatos em que o impulso é necessário. Isso é importante porque o desenvolvimento de exoesqueletos robóticos sofre do mesmo problema que o telefone celular no seu bolso: os limites das baterias. Se o traje ficasse ligado o tempo todo, a bateria seria pesada demais – ou duraria tempo de menos.

Por enquanto, o traje é apenas um protótipo e não há ainda previsão de quando ele deve ser lançado no mercado ou de quanto custará. A SRI garante que está preocupada em fazer um produto acessível. De olho no imenso mercado de idosos com dificuldade de locomoção, o laboratório resolveu que a Superflex passará a ser uma empresa independente, focada exclusivamente em wearables e exoesqueletos. Batman que se cuide – sua roupa pode estar prestes a ficar obsoleta.