GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Três é bom, 20 é ótimo e nunca é demais

Estimulados pela Internet, os coletivos estão chegando até o futebol e a cerveja

Texto Chico Spagnolo

É difícil definir “coletivo” com precisão. Tanto que a Wikipedia – que é um coletivo – não tem um verbete para “coletivo”. Quer dizer: não tinha. Justamente por ser um coletivo, as chances de um colaborador da Wikipedia já ter lido esta matéria e ter escrito o verbete são imensas.

Se você for à Wikipedia para conferir e encontrar um artigo, é mais um sinal do poder dos coletivos, que nada mais é do que um grupo de pessoas reunidas com um propósito qualquer. Qualquer mesmo. Pode ser criar uma enciclopédia, ficar no pé do prefeito, fazer uma escultura e até administrar um time de futebol. Tanto faz.

Como a internet aproxima pessoas, os coletivos se multiplicaram nos últimos anos. Mas alguns nasceram antes da rede.

Conheça 5 desses grupos.

Arte e música
Chelpa Ferro é um coletivo brasileiro de 3 – Luiz Zerbini, Sergio Mekler e Barrão – que mistura arte e música desde os anos 90. Seus trabalhos usam equipamentos sonoros e luzes e podem ser vistos nas principais galerias brasileiras.

Comes & Bebes
Ok, o dinamarquês Superflex não faz só comes e bebes. Criado em 1993, o grupo discute o impacto das forças econômicas na sociedade. Mas uma de suas criações mais famosas é a Free Beer, uma cerveja com fórmula em código aberto que pode ser produzida e modificada por qualquer um. E outra é o Social Pudding, um evento social regado a pudim de coco.

Transposte urbano
A Bicicletada é a versão em português da Critical Mass, encontro de um grupo que se reúne uma vez por mês para reivindicar o espaço das bicicletas nas ruas das cidades.

Literatura
Wu Ming é o nome de um romancista que, na verdade, são 5 escritores bolonheses. Juntos ou separados, eles escrevem romances e artigos, mas sempre assinam com o nome coletivo. Seu livro 54 já foi publicado no Brasil.

Esporte
No país do futebol (você sabe: a Inglaterra!), um grupo de torcedores fez uma vaquinha através de um site. Cada um deu 35 libras. Em 2007, com 20 mil sócios, o coletivo comprou um time da 5ª divisão quase quebrado, o Ebbsfleet United, pra chamar de seu. Por 700 mil libras, o grupo passou a administrar o time – que ganhou o campeonato de 2008!