Clique e assine a partir de 8,90/mês
Publicidade

Tudo sobre ATAQUE

Site_BacteriaMarinha
Ciência

Bactérias marinhas usam vírus como arma contra inimigos

Por Ingrid Luisa - Atualizado em 22 fev 2019, 15h24 - Publicado em 22 fev 2019, 15h23
Elas se transformam em uma espécie de "homens-bomba": morrem, mas levam junto microorganismos rivais
Como se defender de um ataque de cachorro?
Mundo Estranho

Como se defender de um ataque de cachorro?

Por Bárbara Ragov - Atualizado em 14 fev 2020, 17h29 - Publicado em 26 fev 2018, 13h06
Saiba o que fazer antes do bicho avançar e depois que o ataque já tiver começado
Um grupo de turistas mergulhava na África do Sul quando recebeu a visitinha de um tubarão faminto. A gaiola protegeu os visitantes, mas a gente supõe aqui que vai ser difícil dormir após ver esses dentinhos delicados tão de perto! Se pudesse falar, o tubarão seguramente perguntaria se alguém tem um abridor de latas para […]
O que você faria se um urso perigosíssimo aparecesse na porta da sua casa? Ao invés de chorar, dá para tentar aplicar a estratégia deste gato. Você só vai precisar de uma excelente autoestima:
1. Isto é um carneiro ou um bode? 2. O que ele está fazendo em frente a uma penitenciária? 3. Por que tinham tantos repórteres ali para falar sobre isso? 4. Não era mais fácil tirar logo o bicho dali? 5. O mais importante: POR QUE ELE ESTAVA TÃO BRAVO E COMO COLOCARAM UMA CÂMERA NELE? […]
52696d1398276872e500019c637px-dog_attack_-usaf.jpeg
Mundo Estranho

É verdade que os cães atacam quem demonstra medo?

Por Redação Mundo Estranho - Atualizado em 4 jul 2018, 20h23 - Publicado em 18 abr 2011, 19h00
Por ter uma visão apurada, o cão percebe mudanças no movimento de uma pessoa assustada. “O animal descende do lobo e dele herdou o instinto da caça. Se alguém começa a andar furtivamente ou com uma postura submissa, ele logo identifica uma presa fácil. O mesmo acontece quando a pessoa corre. Nem sempre o cão […]
565dcd3982bee174ca00decethinkstockphotos-454433897.jpeg
Mundo Estranho

Como se defender de um tubarão?

Por Yuri Vasconcelos - Atualizado em 4 jul 2018, 20h18 - Publicado em 18 abr 2011, 18h58
Todos os anos acontecem entre 70 a 100 ataques de tubarão no mundo inteiro, resultando em cerca de cinco a 15 vítimas fatais. Boa parte das investidas ocorre perto da costa, normalmente em bancos de areia, que são os locais onde os tubarões costumam se alimentar. Embora a maioria dos ataques aconteçam a milhares de […]
Mundo Estranho

O ataque de um porco-espinho pode matar?

Por Redação Mundo Estranho - Atualizado em 4 jul 2018, 20h16 - Publicado em 18 abr 2011, 18h58
É extremamente raro que isso aconteça, a não ser quando a vítima é um animal de pequeno porte. Nesse caso, os espinhos – que chegam a ter mais de 30 centímetros de comprimento – podem perfurar um órgão vital e provocar a morte. Esses espinhos são, na verdade, pêlos modificados, extremamente duros, que crescem na […]
57ace3580e2163719701a6a1apis_mellifera_scutellata.jpeg
Mundo Estranho

Por que as abelhas africanas são tão perigosas?

Por Redação Mundo Estranho - Atualizado em 4 jul 2018, 20h19 - Publicado em 18 abr 2011, 18h57
564e0bb30e216359e201a312w3ptb2n.jpeg
História, Mundo Estranho

Quem eram os camicases?

Por Roberto Navarro - Atualizado em 4 jul 2018, 20h15 - Publicado em 18 abr 2011, 18h52
Esses aviadores não eram uns malucos prontos para se matar, mas uma arma efetiva do Exército e da Marinha japonesa. Eles faziam parte de grupos de pilotos organizados para realizar ataques suicidas contra navios americanos e britânicos no oceano Pacífico durante a Segunda Guerra Mundial (1939-1945). Essa tática desesperada dos camicases (“deuses do vento”, em […]
História, Mundo Estranho

O que foi a Guerra do Paraguai?

Por Roberto Navarro - Atualizado em 4 jul 2018, 20h20 - Publicado em 18 abr 2011, 18h52
Mundo Estranho

Como as piranhas atacam?

Por Yuri Vasconcelos - Atualizado em 4 jul 2018, 20h12 - Publicado em 18 abr 2011, 18h50
52f3d5c398276807f0000fcejuvenile_carpet_snake_eating_cane_toad.jpeg
Mundo Estranho

Que animal selvagem mata mais humanos por ano?

Por Redação Mundo Estranho - Atualizado em 4 jul 2018, 20h10 - Publicado em 18 abr 2011, 18h49
Sem dúvida nenhuma são as cobras. Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) apontam que todos os anos 125 mil pessoas morrem vítimas de picadas de serpentes venenosas. A mortalidade varia de acordo com a região do mundo. Na Europa, nos Estados Unidos e no Canadá os acidentes são relativamente raros. Dos 8 mil envenenamentos […]
515b27a398276841bd000307tumblr_miv7cni28h1qdlh1io1_400.gif
Mundo Estranho

Qual é a ave mais perigosa do mundo?

Por Yuri Vasconcelos - Atualizado em 4 jul 2018, 20h17 - Publicado em 18 abr 2011, 18h48
Animal da Oceania usa chutes, bicadas e garra fatal
56950ecd0e21630a3e0d7bf5thinkstockphotos-482455635.jpeg
História, Mundo Estranho

O que é proibido por lei durante uma guerra?

Por Roberto Navarro - Atualizado em 4 jul 2018, 20h21 - Publicado em 18 abr 2011, 18h36
Reunimos sete situações proibidas por tratados internacionais que nem sempre são respeitados
Mundo Estranho

O que significam os sinais dos jogadores de vôlei antes do saque?

Por Artur Louback Lopes - Atualizado em 4 jul 2018, 20h16 - Publicado em 18 abr 2011, 18h35
Cada time possui o seu "dicionário" de códigos
521e692d865be22b320000c9640px-bocca_ippopotamo_bioparco.jpeg
Mundo Estranho

Se o hipopótamo é herbívoro, por que ele ataca o ser humano?

Por Yuri Vasconcelos - Atualizado em 4 jul 2018, 20h22 - Publicado em 18 abr 2011, 18h35
Os hipopótamos são animais extremamente territorialistas e costumam avançar sobre pessoas e bichos que invadam seu habitat. Apesar da aparência pacata, eles superam animais mais ferozes, como leões e tubarões, no número de ataques a seres humanos, sendo que a maior parte das investidas acontece quando os hipopótamos estão na água. Encontrados apenas na África, […]
577ac04e0e216345751d0213virginio_fortunato_e_bando_nh.jpeg
História, Mundo Estranho

O que foi o cangaço?

Por Roberto Navarro - Atualizado em 4 jul 2018, 20h11 - Publicado em 18 abr 2011, 18h35
Foi uma onda de banditismo, crime e violência que se alastrou por quase todo o sertão do Nordeste brasileiro entre o século 18 e meados do século 20
Publicidade