Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Publicidade

Tudo sobre cadeia

Quarentena? Esses homens passaram mais de 40 anos sozinhos – seja por motivação política, seja porque não conseguiam conviver com os colegas detentos.
prisao
Sociedade

Condenado à prisão perpétua pede fim da pena após morrer – e ressuscitar

Por A.J. Oliveira Atualizado em 14 nov 2019, 17h10 - Publicado em 12 nov 2019, 19h20
Benjamin Schreiber morreu e foi ressuscitado enquanto cumpria pena vitalícia nos EUA. Agora, ele exige sua liberdade, alegando já ter cumprido sua sentença.
Presidentes presos do Brasil
História, Mundo Estranho

5 presidentes do Brasil que já foram presos

Por Felipe van Deursen Atualizado em 4 jul 2018, 20h21 - Publicado em 6 abr 2018, 13h36
Algumas vezes antes na história deste país um ex-presidente acabou no xadrez
Mundo Estranho

Qual é o país com maior população carcerária do mundo?

Por Fred Linardi Atualizado em 4 jul 2018, 20h15 - Publicado em 5 set 2012, 18h19
São os Estado Unidos, com cerca de 2,3 milhões de presos. Em seguida vêm China, com 1,65 milhão de detentos condenados – estima-se que haja outros 700 mil à espera de julgamento –, e Rússia, que passa dos 800 mil presidiários. SOCIEDADE CATIVA Dos anos 90 até hoje, o número de presos no Brasil cresceu […]
Cultura, Mundo Estranho

Por que os presidiários são representados usando roupas listradas de preto e branco?

Por Redação Mundo Estranho Atualizado em 4 jul 2018, 20h25 - Publicado em 18 abr 2011, 18h54
Porque esse uniforme surgiu na mesma época em que foi criado o sistema penitenciário moderno, nos Estados Unidos, no final do século 18. Apesar de não ser obrigatório por lei, ele logo foi adotado como forma universal de identificação dos presos. Acreditava-se que, por ser uma roupa pouco comum, as listras atrapalhariam as fugas, tornando […]
51685253982768239c000001old_sparky.jpeg
Mundo Estranho

Como funciona a cadeira elétrica?

Por Luiz Fujita e Fabricio Miranda Atualizado em 4 jul 2018, 20h10 - Publicado em 4 dez 2008, 16h03
Por meio de uma violenta corrente elétrica que atravessa o corpo do condenado, arruinando órgãos vitais como o cérebro e o coração. Quando surgiu, em 1890, nos Estados Unidos, ela foi apresentada como um sistema moderno e eficaz para substituir métodos de execução considerados pouco civilizados, como o enforcamento, em que a pessoa agonizava por […]
Publicidade