Blogs

O botão que deixa o sinal vermelho para atravessar a rua funciona de verdade?

27 de julho de 2012

Afinal, aquele botão pra travessia de pedestres funciona mesmo? Se sim, como funciona?
Isabela de Paula, Diadema, SP

Essa galera de Berlim é muito maneira, népussive.

Ah, você também ouviu aquela história que esses botões foram inutilizados nos 60, durante a Primeira Guerra dos Hippies, e que na verdade eles são um teste meio Big Brother que analisa nosso comportamento de gado? Bem, here is the thing: sim, o botão para a travessia de pedestres realmente funciona, mas pode demorar um pouco para o semáforo abrir (bem, você pode acreditar no Oráculo ou achar que eu também fui corrompido pelo ~Sistema~).

Ao apertar a botão, o pedestre inicia uma reprogramação dos semáforos do cruzamento para antecipar o fechamento do sinal que foi acionado. Ou seja, depois que você aperta o dito cujo, todas as sinaleiras/farois/sinais/semáforos ouoquediabossefalanasuacidadeleitor no entorno precisam ser reprogramados – e esse é o motivo da demora. Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego da cidade de São Paulo (CET), somente depois que o ciclo dos sinais se completar a luz vermelha é ligada para os veículos, autorizando a travessia de pedestres.

Na prática, se o semáforo de veículos estava aberto há algum tempo, o processo é mais rápido. Mas caso o usuário aperte o botão no início de um ciclo verde para os carros, terá que aguardar um tempo maior. A programação varia de acordo com o cruzamento e horário. À noite, por exemplo, há locais em que o fluxo de pedestres é extremamente reduzido, quase nulo. Neste caso, o vermelho dos veículos só entra em operação se o botão do pedestre for acionado.

Há cruzamentos que possuem fluxos diferenciados (eu adoro essa palavra) ao longo do dia. Em determinados horários, o número de pedestres é maior e, em outros momentos, o fluxo de veículos é o mais intenso. A programação dos semáforos de veículos e pedestres é feita de acordo com a demanda e, por isso, às vezes, as pessoas passam num mesmo cruzamento em horários diferentes e têm a sensação de que o tempo do semáforo ficou mais lento.

Atualmente, existem cerca de 11 mil botões de pedestre instalados em semáforos só na cidade de São Paulo.

(crédito da imagem: [martin])

No related posts.

Comente!