Blogs

Por que CPF não tem foto?

15 de outubro de 2012

Caro Oráculo, por que o CPF não precisa de foto?  
Jackson Kllay, Itainópolis, PI


“Faço pose mesmo.”

Meu caro J.K., andas em alta por aqui. Uma de suas estupendas perguntas foi selecionada também para a versão impressa deste humilde blog, que, no caso, é uma seção, por se tratar de uma revista de nome polissílabo e capa vermelha.

Oquei, entendeste. Aguarde.

O barato é o seguinte: o Cadastro de Pessoas Físicas, nome por extenso do famigerado CPF, não é um documento de identificação civil. Ou seja, ele não foi criado para provar às autoridades (ou para qualquer pessoa enxerida) que você é você mesmo e não outra pessoa.

O CPF é apenas um cadastro, um banco de dados gerenciado pela Secretaria da Receita Federal do Brasil. Ela armazena as informações cadastrais de contribuintes obrigados a fazer essa inscrição para declarar Imposto de Renda ou então para abrir contas em bancos.

De acordo com assessoria de Comunicação Social da Receita Federal, hoje não é mais necessário portar ou imprimir um papel com o número do CPF. Basta memorizá-lo. É, você que não sabe nem a senha do MSN porque não entra mais nele agora tem que saber de cor o CPF!? Não, relaxe. Melhor usar outros documentos, afinal alguns deles têm inclusive o CPF como informação adicional. É o caso das carteiras de identidade ou de motorista.

Conforme a legislação brasileira, os documentos de identificação civil são: carteira de identidade, carteira de trabalho, carteira profissional, passaporte, carteira de identificação funcional e documentos de identificação militares. Como a finalidade desses documentos é comprovar a identidade da pessoa, todos utilizam fotos.

Assim como a carteirinha daquele clube esquisito do qual você fazia parte.

(crédito da imagem: toyfoto)

No related posts.

Comente!