Superblog Superblog

Por Atualizado em 13/09/2010

clique para jogar a Corrida Eleitoral

Provavelmente você não entendeu o que os 9 candidados a presidente estão fazendo no blog da SUPER, certo? Expliquemos.

Essas fichas farão parte de um newsgame especial que a gente está preparando para as eleições. Não vamos estragar a surpresa, mas vai a dica: se você curte games de corrida, fique ligado!

Enquanto aguenta a curiosidade, que tal usar as fichas para conhecer as propostas de cada candidato? Eles estão todos aqui:

Dilma Vana Rousseff (PT)

José Serra (PSDB)

Marina Silva (PV)

Plínio Soares de Arruda Sampaio (PSOL)

José Levy Fidélix da Cruz (PRTB)

José Maria Eymael (PSDC)

Ivan Martins Pinheiro (PCB)

Rui Costa Pimenta (PCO)

Zé Maria (PSTU)

Por Atualizado em 10/09/2010

clique para jogar a Corrida Eleitoral

É a propaganda política feita na seção eleitoral, no dia da votação. Uma prática ilegal que é feita por ativistas políticos, na porta do local de votações, em um último esforço de aliciamento de eleitores.

Os “boqueiros”, que ficam na porta das seções eleitorais, e os “fileiros”, que ficam nas filas (!) de votação, tentam convencer os eleitores a mudar de opinião e escolher o candidato que apoiam.

Fazer boca-de-urna é crime eleitoral segundo o artigo 39, § 5º, ll, da Lei nº 9.504/97 e dá cadeia! Quem é pego leva de seis meses a um ano de prisão, com alternativa de prestação de serviços à comunidade pelo mesmo período, além de ter que pagar multa que pode variar de 5.300 a 15.960 reais.

Não deixe esse pessoal solto por aí: denuncie a boca-de-urna no site do TSE!

Por Atualizado em 08/09/2010

clique para jogar a Corrida Eleitoral

Nascimento: 02 de outubro de 1957 (42 anos), Santa Albertina, interior de São Paulo
Partido: Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU)
Vice: Cláudia Alves Durans (PSTU)
Previsão de gastos na campanha: R$ 300 mil
Patrimônio: Zé Maria: R$ 16 mil; Cláudia Durans (vice): informou não possuir bens.

SOBRE
Metalúrgico, participou dos movimentos sindicais no ABC na década de 1970. Foi um dos fundadores do PT, do qual saiu nos anos 90. É um dos fundadores e atual presidente nacional do PSTU.

PLANO DE GOVERNO
Defendendo um programa socialista e fazendo severas críticas a Lula, José Serra, Marina Silva e os outros candidatos “ligados a burguesia”. O eixo de seu programa é a luta contra os interesses das grandes empresas e bancos, defendendo uma política de apoio irrestrito aos trabalhadores. Defende reajuste mensal de salários e redução da jornada de trabalha sem reduzir salários.
– Deixar de pagar a dívida pública, reorientar os gastos para garantir os direitos e necessidades sociais da maioria da população e romper com o FMI.
– Reforma no sistema de tributos, que devem recair sobre as grandes empresas, bancos e os mais ricos.
– Congelamento dos preços, tarifas e mensalidades escolares;
– Plano de obras públicas para conter o desemprego que tenha como objetivo a construção massiva de casas populares, hospitais, escolas e universidades, estradas, ferrovias, meios de transportes
– Propõe que todas as terras do país sejam propriedade do Estado, mas garantindo o pedaço de terra para quem nela queira trabalhar. Haverá um redirecionamento da produção de forma a atender às necessidades da população e não do mercado. 0 Estado deve garantir os investimentos necessários para a produção de máquinas e implementos agrícolas; garantir crédito barato para os pequenos agricultores;

OUTROS CANDIDATOS

Dilma Vana Rousseff (PT)

José Serra (PSDB)

Marina Silva (PV)

Plínio Soares de Arruda Sampaio (PSOL)

José Levy Fidélix da Cruz (PRTB)

José Maria Eymael (PSDC)

Ivan Martins Pinheiro (PCB)

Rui Costa Pimenta (PCO)

Por Atualizado em

clique para jogar a Corrida Eleitoral

Nascimento: 25 de junho de 1957 (43 anos), São Paulo
Partido: Partido da Causa Operária – PCO
Vice: Edson Dorta Silva (PCO)
Previsão de gastos na campanha: R$ 100 mil
Patrimônio: Pimenta: R$ 80 mil; Edson Dorta Silva (vice): ainda não teve a declaração de bens divulgada.

SOBRE
Formado em jornalismo, já atuou no movimento estudantil e sindical. Foi um dos fundadores do Partido dos Trabalhadores e membro da Tendência Causa Operária. Após divergências políticas, a Tendência foi expulsa do partido. Pimenta participou da formação do PCO, em 1995. O candidato é versado em inglês, francês, espanhol e italiano. É editor e jornalista do periódico Causa Operária.

PLANO DE GOVERNO
Pela terceira vez disputando o cargo de presidente PCO, defende a bandeira de que o socialismo marxista é a solução para os problemas econômicos, sociais e agrários do Brasil, com a “substituição da propriedade privada dos meios de produção e a exploração do homem pela propriedade coletiva”. Seu lema de campanha é “Salário, Trabalho e Terra”.

OUTROS CANDIDATOS

Dilma Vana Rousseff (PT)

José Serra (PSDB)

Marina Silva (PV)

Plínio Soares de Arruda Sampaio (PSOL)

José Levy Fidélix da Cruz (PRTB)

José Maria Eymael (PSDC)

Ivan Martins Pinheiro (PCB)

Zé Maria (PSTU)

Por Atualizado em

clique para jogar a Corrida Eleitoral

Nascimento: 26 de julho de 1930 (70 anos), São Paulo
Partido: Partido Socialismo e Liberdade – PSOL
Vice: Hamilton Moreira de Assis (PSOL)
Previsão de gastos na campanha: R$ 900 mil
Patrimônio: Plínio: R$ 2,1 milhões. Hamilton Assis (vice): ainda não divulgado.

SOBRE
Formado em direito, é promotor público aposentado e mestre em desenvolvimento econômico internacional pela Universidade de Cornell (EUA). É presidente da Associação Brasileira de Reforma Agrária. Plínio de Arruda Sampaio é um dos mais respeitados intelectuais de esquerda católica e também um do mais árduos defensores da Teologia da Libertação. Suas posições fortes em defesa da reforma agrária também o tornam muito querido pelos movimentos sociais de trabalhadores sem-terra.

PLANO DE GOVERNO
Socialista, defende a reforma agrária e as ocupações dos movimentos sociais sem-terra, bem como o fim da privatização das florestas e a revogação da medida provisória que legaliza a grilagem no campo. É pela legalização do aborto e pelo fim da criminalização das mulheres que o praticam.
– Defende o desmatamento zero;
– Contra a transposição das águas do Rio São Francisco; contra obras que inviabilizam a permanência das comunidades tradicionais da região; defesa da revitalização e implantação de projetos para combater os efeitos da seca.
– Controle estatal e social sobre o pré-sal; transição para fontes de energia renováveis.
– Contra os alimentos transgênicos.
– Reforma urbana: defesa dos movimentos sociais de sem-tetos e das ocupações urbanas; contras as remoções forçadas e por um plano de utilização de imóveis vazios que hoje servem à especulação imobiliária como ponto de apoio em uma política de habitação popular
– Redução da jornada de trabalho de 40 horas, sem redução de salários; fim da flexibilização da jornada, fim dos bancos de horas.
– Destinação de 10% do PIB para garantir educação pública
– Auditoria de todas as concessões das emissoras de rádio e TV; proibição da propriedade cruzada dos meios de comunicação; banda larga universal operada em regime público; políticas públicas de incentivo à implementação de softwares públicos e livres

OUTROS CANDIDATOS

Dilma Vana Rousseff (PT)

José Serra (PSDB)

Marina Silva (PV)

José Levy Fidélix da Cruz (PRTB)

José Maria Eymael (PSDC)

Ivan Martins Pinheiro (PCB)

Rui Costa Pimenta (PCO)

Zé Maria (PSTU)