GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Uma boa chicotada rompe a barreira do som

Por que o chicote estala no ar?

Quando acerta em alguém, uma chicotada dói pra caramba. Quando não acerta, estala no ar. O estalido indica que a barreira do som foi rompida. Isso acontece porque o golpe de mão para mexer o chicote carrega uma certa energia. Quando chega à extremidade, ela tem que escapar para algum lugar. Se o alvo é o corpo de alguém, a energia resulta na força da pancada. “Mas se o movimento é feito no vazio, faz a porção de ar que está na extremidade do chicote se deslocar bruscamente”, explica o físico Cláudio Furukawa, da Universidade de São Paulo.

Nem sempre há estalo. Depende da força feita pela mão, que não pode ser pouca, e do tamanho do chicote. Se ele for comprido demais a energia se dissipa. Um golpe que estala no ar desloca o chicote a cerca de 400 metros por segundo, ultrapassando a velocidade média do som, que é de 350 metros por segundo. No momento que o deslocamento de ar quebra a barreira do som, provoca um estampido. É o estalo que ouvimos.

Pancada supersônica

O estalo acontece quando a energia chega à ponta do chicote.

1. O movimento da mão brandindo o chicote cria uma onda de energia que percorre toda a extensão do instrumento, de ponta a ponta.

2. Ao chegar à extremidade, essa energia provoca um deslocamento brusco de ar mais rápido do que a velocidade do som, causando um estampido.