Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Ciência Maluca Por Blog As pesquisas mais importantes para você compreender a sua vida - e as mais inusitadas para você entender todo o resto. Por Tiago Jokura

Café pode diminuir risco de depressão

Por Carol Castro Atualizado em 21 dez 2016, 10h00 - Publicado em 23 abr 2013, 15h36

Boa notícia, mas só vale para as mulheres. Pesquisadores da Escola de Saúde Pública de Harvard em Boston descobriram que beber de duas a três xícaras de café por dia pode diminuir em até 15% o risco de depressão em mulheres.

Eles analisaram os dados de um estudo maior, o Nurses’ Health Study, que acompanhou mais de 50 mil mulheres. Entre os anos de 1980 e 2004, todas tiveram de preencher um questionário sobre o consumo diário de cafeína – com que frequência tomavam café, chá ou refrigerante. Por dez anos, os pesquisadores também as acompanharam para saber se alguma havia sido diagnosticada com depressão – e começado a tomar antidepressivos.

Durante todo esse tempo, mais de 2,5 mil mulheres entraram em depressão. Mas quem bebia café escapava da doença com mais frequência: as mulheres que bebiam no mínimo quatro xícaras de café por dia tinham 20% menos risco de ficarem deprimidas; já entre aquelas que bebiam de duas a três xícaras o risco diminuía em 15%.

Apesar dos bons resultados, os pesquisadores ainda dizem que outros estudos precisam ser feitos. Afinal, eles não avaliaram a predisposição genética, situação financeira ou vida pessoal de nenhuma das candidatas.

Boa desculpa pra dar uma pausa no trabalho e tomar um cafezinho, hein?

(Pesquisa aqui, oh)

Crédito da foto: flickr.com/lanuiop

Leia também:
10 desculpas científicas para justificar seus vícios
Café te ajuda a ver o lado bom da vida
Quem toma café vive mais

Continua após a publicidade
Publicidade