Clique e assine com até 75% de desconto
Ciência Maluca Por Blog As pesquisas mais importantes para você compreender a sua vida - e as mais inusitadas para você entender todo o resto. Por Tiago Jokura

Tá com dor? Cerveja alivia mais do que analgésicos

Por Tiago Jokura Atualizado em 20 dez 2017, 15h24 - Publicado em 20 dez 2017, 15h23

Aquela promoção de chopp em dobro no happy hour não faz bem apenas para seu bolso e para sua alma – sua saúde também agradece. Segundo pesquisadores da Universidade de Greenwich, no Reino Unido, 350 ml de cerveja tem efeito analgésico superior ao de remédios.

Nas palavras dos próprios cientistas que conduziram os estudos (em entrevista ao The Independent), funciona assim: a bebida eleva o teor alcoólico do sangue a cerca de 0,08%, “aumentando levemente o limiar de dor” e “reduzindo a intensidade dela.”

O que ainda não está claro é se o álcool reduz a dor porque age diretamente no cérebro ou porque ele reduz a ansiedade de quem bebe, fazendo-o lidar melhor com a dor.

Mas não se empolgue demais: trocar comprimidos analgésicos por cerveja toda vez  que bater uma dorzinha não vai ser bom no longo prazo. Veja, por exemplo, a recomendação de consumo de álcool no Reino Unido: o ideal é que se tome, no máximo, 1 litro de cerveja por semana – cujo efeito analgésico, de acordo com o estudo, equivale ao de uns 3 comprimidos.

Continua após a publicidade
Publicidade