GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Como um vegetariano se alimenta em missões do Exército?

Depende de qual país ele defende. As tropas dos Estados Unidos contam com ração operacional (comida que os soldados levam para os campos de batalha) sem carne – compõem o menu macarrão com legumes, hambúrguer vegetariano e frutas desidratadas, além de biscoitos e pasta de amendoim.

Em Israel, as restrições vão além – os militares não só têm acesso a alimentos de origem 100% vegetal como também a botas de couro sintético e boinas sem lã. Não é para menos: o país é o maior do mundo em número de adeptos desse estilo de vida. 5% da população se declara vegana. Além disso, o serviço militar por lá é obrigatório para todos os cidadãos, o que explica por que o Exército tem cada vez mais pessoas que não comem nem usam produtos de origem animal.

Já no Brasil, o Exército não tem a política de oferecer rações exclusivamente vegetarianas. No cardápio, geralmente, estão pratos como estrogonofe, feijoada e carne moída com batata. A boa notícia é que a proteína costuma vir separada. “E os alimentos industrializados vêm na embalagem original, então dá para analisar o rótulo”, ressalta a tenente Maria Carolina Pelatieri, nutricionista na Escola Preparatória de Cadetes do Exército, em Campinas (SP).

Mas são raras as situações em que os militares precisam comer ração operacional. O dia a dia nos quartéis não é tão complicado assim. A comida do “bandejão” é variada, e a equipe que a prepara se preocupa em não colocar presunto na salada, por exemplo. Além disso, em boa parte das missões é montada uma cozinha de campanha, para preparar os alimentos ali mesmo – ou então, o menu é feito previamente e levado em caixas térmicas. Nesses casos, a ideia também é variar o cardápio e, claro, manter o feijão livre de bacon e o espaguete separado do molho à bolonhesa.

Fontes: Centro de Comunicação Social do Exército; tenente Maria Carolina Pelatieri, nutricionista na Escola Preparatória de Cadetes do Exército, em Campinas; site do Exército dos EUA.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s