GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

O hélio do planeta está mesmo acabando?

Calma: ele não vai acabar, pois é reposto. “O hélio sai naturalmente do subsolo graças ao decaimento radioativo do urânio e do tório”, explica Phil Kornbluth, dono da consultoria KHC, especializada na mineração do elemento. “Em alguns lugares, ele se incorpora aos depósitos de gás natural.”

O problema é que é difícil tirar o dito-cujo do chão: há apenas 14 usinas de extração de gás natural no mundo que geram hélio como subproduto, e os estoques de todas estão se esgotando. Até 2020, porém, novas instalações na Rússia e no Qatar vão entrar em operação – o que deve sanar o problema.

Não parece, mas isso é um alívio: o hélio não serve só para encher balões ou deixar sua voz fina. Ele é usado nos equipamentos de laboratório da indústria química e farmacêutica, nos tanques de oxigênio de mergulhadores e até nas máquinas de ressonância magnética hospitalares. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s