Clique e assine a partir de 8,90/mês
Oráculo Por Blog Pode perguntar que a redação da SUPER responde: oraculo@abril.com.br

Por que as lesmas só saem da terra depois da chuva?

Por Carolina Fioratti - 13 ago 2020, 13h46

Em primeiro lugar, vale lembrar que não são todas as lesmas que só saem da terra depois da chuva, mas sim algumas espécies desses moluscos terrestres. Esse seleto grupo tem a pele muito sensível à perda d’água e não sobrevive sem umidade. Por esse motivo, as lesmas permanecem inativas, enterradas no solo durante períodos com pouca chuva. Essa é a estratégia desses bichinhos para não morrerem secos. 

É por isso também que as lesmas morrem e parecem derreter quando jogamos sal nelas. O sal é uma substância higroscópica, ou seja, que puxa a água para si. E a lesma não tem nenhum mecanismo para evitar a perda de água. Ao jogar o tempero sobre os moluscos, suas células e tecidos são destruídos, e o animal se desmancha por ressecamento. 

Já que a resposta foi simples, vamos apresentar outros seres vivos que têm uma paciência de Jó com as condições ambientais (ou mesmo com a própria inanição).

Rã-da-Floresta 

Para sobreviver ao inverno, esse anfíbio típico da América do Norte tem 60% do seu corpo congelado durante dias ou semanas. A respiração cutânea é interrompida e seu coração para de bater. Na primavera, a rã volta a vida. 

Continua após a publicidade

Bicho-Preguiça 

O sistema digestivo do bicho-preguiça é tão lento quanto ele. Eles descem das árvores para usar o toalete só uma vez por semana, quando evacuam até um terço do próprio peso de uma tacada só. Ainda bem, porque ir até a superfície coloca esses animais na mira de predadores. Além disso, a caminhada até lá embaixo custa cerca de 8% da energia que a preguiça ingere em um dia. 

Pinguim-Imperador

Nessa espécie, os machos são responsáveis por chocar os ovos enquanto as fêmeas passam o inverno no mar. Desde a chegada na colônia até o nascimento do pinguim, passam-se cerca de 115 dias. Nesse período, o macho fica o tempo todo sem comer e pode perder cerca de 20 kg.

Fonte: Flavio Dias Passos, professor especialista em moluscos da Unicamp.

Pergunta de @richellemagalhaes, via Instagram

Continua após a publicidade
Publicidade