Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Oráculo Por aquele cara de Delfos Ser supremo detentor de toda a sabedoria. Envie sua pergunta pelo inbox do Instagram ou para o e-mail maria.costa@abril.com.br.

Por que chamamos de corno aquele que é traído?

Por que chamamos de corno aquele que é traído? (Pergunta de Marcelo Jeronimo, Rio Grande, RS)

Por Oráculo Atualizado em 30 abr 2017, 20h29 - Publicado em 6 out 2015, 20h32
Ilustração: Caramurú
Ilustração: Caramurú


Essa já me fez coçar muito a cabeça. Chifres são ornamentos tão bonitos no reino animal… nunca entendi o que têm a ver com adultério. Indo direto ao ponto: por que chamamos de corno aquele que é traído?
Marcelo Jeronimo, Rio Grande, RS

Fique tranquilo, você não será o último a saber.

Estudos etimológicos levam à cidade de Éfeso, no século 2, onde o grego Artemidoro citou o termo kérata poiein, significando “fazer corno a, enganar um marido”. Quer dizer, os gregos já eram cornos há milhares de anos. Mas a conexão entre chifres e maridos traídos é tão antiga que não se tem referência exata da sua origem.

O mais provável é que a expressão tenha aparecido por analogia. As fêmeas de animais chifrudos (carneiro, touro, bode) vivem ao redor de um macho único, o líder. Quando esse macho perde a fidelidade de uma delas, ele se torna brigão e ciumento e coloca os chifres em posição de ataque, partindo para cima de todo mundo.

Tudo o que lhe disserem além disso, Marcelo, é coisa que estão colocando na sua cabeça.

Para fechar essa postagem apaixonada, um clássico do cancioneiro brasileiro sobre o tema:

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=pbYcbsWYvBE?feature=oembed&w=474&h=356%5D


Fonte
 Paulo Geiger, dicionarista que coordenou a produção do Aurélio e do Houaiss


Post anterior: Como se pronuncia o nome do prêmio: “Nóbel” ou “Nobél”?

Continua após a publicidade

Publicidade