Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Publicidade

Saúde

Pare, respire, e leia.

O Programa Antiviral para Pandemias quer pôr medicamentos por via oral contra o Sars-CoV-2 nas farmácias até o final do ano – e também atacar outros vírus com potencial pandêmico.
SI_429_A-Origem_site
Saúde

A origem do vírus

Por Bruno Garattoni Atualizado em 21 jun 2021, 20h57 - Publicado em 18 jun 2021, 07h58
O Instituto de Virologia de Wuhan fazia pesquisas com coronavírus – incluindo o RaTG13, ancestral mais próximo do Sars-Cov-2. Não seguia todas as normas de segurança. E, em 2015, sua principal cientista inseriu a proteína spike num vírus de morcego para torná-lo capaz de infectar células humanas. Entenda por que a tese de que o Sars-CoV-2 surgiu num acidente de laboratório, inicialmente descartada, volta a ganhar força.
Nova versão do hormônio, que dispensa as aplicações diárias, passou em dois testes clínicos
Via de regra, uma só. Mas já rolaram retransplantes bem sucedidos em caráter experimental.
Os resultados de um estudo preliminar indicam que o imunizante protege contra casos graves e moderados da doença, além de combater variantes. Saiba detalhes sobre a vacina.
08-06_alzheimer_SITE
Saúde

EUA aprovam novo remédio contra Alzheimer – mas não há consenso sobre sua eficácia

Por Maria Clara Rossini Atualizado em 8 jun 2021, 18h43 - Publicado em 8 jun 2021, 18h07
A FDA liberou o medicamento, mas exigiu que o fabricante faça mais testes clínicos; em doses altas, droga pode causar edema ou hemorragia cerebral
Pesquisadores analisaram dados de 840 mil pessoas para entender como as predisposições genéticas e os padrões de sono influenciam na saúde mental.
Estudo da Fiocruz revela que pacientes com Covid grave possuem maiores níveis de HERV-K, vírus presente nos humanos há milhares de anos; descoberta pode explicar por que a doença é mais agressiva em algumas pessoas, mas não provoca sintomas em outras
Quem trabalha mais de 55 horas por semana tem 35% mais riscos de sofrer derrame, e 17% mais chances de morrer por doenças cardíacas isquêmicas.
Para a saúde pública, não faz sentido deixar gente sem a dose número dois para ampliar a quantidade de pessoas que receberam a dose número um.
SI_427_Havana_SITE
Saúde

A Síndrome de Havana

Por Bruno Garattoni e Eduardo Szklarz Atualizado em 21 Maio 2021, 13h06 - Publicado em 21 Maio 2021, 10h00
Quarenta diplomatas americanos ficaram parcialmente surdos e tiveram sintomas como tontura, enxaqueca persistente, disfunções oculares e problemas neurológicos. Agora, um estudo revela a possível causa: ataques com micro-ondas.
Notícia que circulou pela internet dizia que esses animais seriam sacrificados para extrair o esqualeno, substância usada na vacina
Aparelho mede o nível de compostos orgânicos na expiração, que supostamente muda quando a pessoa está com a doença; técnica será testada em 3.500 pessoas
O descarte de sangue, partes do corpo e de praticamente tudo aquilo que você não sabe para onde vai é regulado pela Anvisa ou pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente. Veja o caminho que os seus fluidos percorrem até o destino final.
A combinação dos medicamentos banlanivimabe e etesevimabe é a terceira terapia aprovada pela Anvisa. Em teste clínico, eles reduziram o número de hospitalizações e óbitos em 70%
País registra mais de 500 casos de mucormicose, doença que pode atacar o cérebro e se manifesta quando o sistema imunológico está enfraquecido, ou após tratamento contra o Sars-CoV-2; taxa média de mortalidade é 44%
Mesmo antes da morte que levou a Anvisa a suspender a aplicação do imunizante em grávidas, ela já tinha indicação restrita para esses casos. Motivo: há poucos dados sobre a segurança da vacina em gestantes
Reino Unido vai aplicar terceira dose da vacina em pessoas acima de 50 anos
Saúde

CureVac: nova vacina alemã pode acelerar imunização contra a Covid-19

Por Rafael Battaglia Atualizado em 24 Maio 2021, 13h42 - Publicado em 6 Maio 2021, 14h16
Ela usa a mesma técnica que as vacinas da Pfizer e da Moderna, mas com uma diferença: é mais fácil de armazenar – e transportar.
Protocolo, que já está sendo testado, é uma tentativa de aumentar a eficácia e eliminar novas variantes do coronavírus do país até o final do ano;  autoridades inglesas cogitam duas estratégias, com e sem versões atualizadas das vacinas
Possível presença de vírus capaz de se reproduzir, razão citada pela agência para barrar a vacina, é mencionada em relatório do Instituto Gamaleya; outros imunizantes têm zero RCAs; entenda o caso
Publicidade