Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Oráculo Por aquele cara de Delfos Ser supremo detentor de toda a sabedoria. Envie sua pergunta pelo inbox do Instagram ou para o e-mail bruno.vaiano@abril.com.br.

Qual é a origem da uva sem caroço?

Qual a origem das uvas sem caroço? Como elas podem existir? Lázaro Ramos, ator (sim, aquele de Carandiru Cinderela Baiana) Meu jovem e talentoso artista, você pergunta, o Oráculo responde. O surgimento das uvas sem caroços ocorreu há séculos, por meio de mutação genética, conforme explica o pesquisador João Dimas Garcia Maia, um dos coordenadores […]

Por Oráculo Atualizado em 21 dez 2016, 09h07 - Publicado em 20 abr 2012, 16h02

Qual a origem das uvas sem caroço? Como elas podem existir?
Lázaro Ramos, ator (sim, aquele de
Carandiru Cinderela Baiana)

Meu jovem e talentoso artista, você pergunta, o Oráculo responde. O surgimento das uvas sem caroços ocorreu há séculos, por meio de mutação genética, conforme explica o pesquisador João Dimas Garcia Maia, um dos coordenadores do Programa de Melhoramento Genético de Uva da Embrapa. Tecnicamente chamadas de “apirênicas”, as uvas sem sementes podem ser obtidas de duas formas: ou por partenocarpia, espécie de fruto imaculado, quando ele se desenvolve sem que haja fecundação, ou por (pausa para respirar) estenoespermocarpia, situação em que ocorre a fecundação, mas os embriões são abortados. No segundo caso, há vestígios de sementes rudimentares. As variedades de uvas apirênicas mais antigas são a Black Corinto e a Sultanina.

Segundo o pesquisador, atualmente existem mais de 100 cultivares de uvas sem caroços. E, por falar em uva, por onde anda Taís Araújo? Aliás, um beijo, Taís Araújo!

Continua após a publicidade
Publicidade