Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Oráculo Por aquele cara de Delfos Ser supremo detentor de toda a sabedoria. Envie sua pergunta pelo inbox do Instagram ou para o e-mail bruno.vaiano@abril.com.br.

Quem inventou o papel higiênico? Quando foi?

O nome do gênio por trás dessa salvadora criação não está no papel. Mas sabemos que, no século 6, os chineses já adotavam as folhinhas.

Por Oráculo Atualizado em 2 fev 2021, 13h29 - Publicado em 23 out 2017, 16h25

O nome do gênio por trás dessa salvadora criação não está no papel. Há zero documentação sobre o assunto. Talvez porque seja difícil atribuir a ideia a uma pessoa só: a ideia de higienizar o traseiro provavelmente foi reinventada repetidas vezes ao longo da história.

Os primeiros indícios do uso de papel para limpar o bumbum datam do século 6, na China. Enquanto a nobreza usava seda, o papel higiênico do povo era uma folha de palha descartável. No início do século 14, os chineses já produziam um milhão de pacotes de papel higiênico por ano, com mil a 10 mil folhas cada.

A ideia de distribuir esse importante item em um rolo veio só em 1871, obra do americano Seth Wheller. Em 1890, a Scott Paper Company passou a vender rolos para hotéis e farmácias, popularizando o acessório mundialmente.

Fontes: Livros Bum Fodder: A Absorvente História do Papel Higiênico, de Richard Smyth e Ciência e Civilização na China: volume 6, de Joseph Needham.

Pergunta de Karen Greice Pastore, Bento Gonçalves, RS.

Continua após a publicidade
Publicidade