Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Oráculo Por aquele cara de Delfos Ser supremo detentor de toda a sabedoria. Envie sua pergunta pelo inbox do Instagram ou para o e-mail bruno.vaiano@abril.com.br.

Se cada membro da orquestra tem uma partitura, qual é a função do maestro? 

Você já viu time sem técnico? Filme sem diretor? Pois é.

Por Bruno Vaiano 14 jun 2021, 11h05

Ele equivale ao diretor de uma peça ou ao técnico de um time. É claro que muito do trabalho está nos bastidores: o regente lidera os ensaios e decide como a peça será interpretada – Beethoven não está aqui para explicar os andamentos e intensidades exatos que imaginou para cada passagem. Isso exige um profundo conhecimento da técnica de cada instrumento e de história da música.

Mas a importância do maestro não diminui na hora do show. Seu braço direito, que se move para cima e para baixo, dá o andamento e indica a fórmula do compasso (1, 2, 3 para uma valsa ou 1, 2, 3, 4 no rock, por exemplo. Músicos saberão que estamos falando de 3/4 e 4/4 – esse foi só uma simplificação didática). Isso é especialmente importante em composições que aceleram e desaceleram constantemente – não há telepatia que sincronize cem músicos sem um líder.

  • A mão esquerda do condutor fica mais livre: pode indicar a entrada de um instrumento, antecipar que uma nota será acentuada ou indicar, por exemplo, se uma passagem é legato (sequência de notas fluidas e emendadas) ou stacatto (notas duras e secas).

    Além disso, o maestro ouve tudo aproximadamente do ponto de vista da plateia e sabe quando um instrumento precisa, por exemplo, soar mais alto ou mais baixo para se encaixar melhor com o todo – é difícil, para os músicos, ter consciência disso. Cada membro da orquestra fica sentado em uma posição diferente e ouve certos instrumentos com mais clareza do que outros.

  • Pergunta de @iamemisu, via Instagram.

    Continua após a publicidade
    Publicidade