Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Se Conselho Fosse Bom Por Blog Coluna semanal de perguntas práticas, sentimentais e existenciais enviadas por leitores da SUPER. Por Karin Hueck

“Estou apaixonado pela minha chefe. O que eu faço?”

O que fazer quando o amor da sua vida controla o seu holerite?

Por Karin Hueck Atualizado em 9 jan 2018, 19h01 - Publicado em 9 jan 2018, 17h06

Acho que estou apaixonado pela minha chefe. Sei que ela é solteira (e eu também sou). Mas claro que isso não basta. Estou me sentindo igual na quarta série, quando tinha uma paixão platônica por uma menina da sexta. O que eu faço???
– Ricardo Darín de Jundiaí
– Caro Darín
Mas que roleta russa. Se fosse em qualquer outra situação, eu diria que bastaria uma pergunta simples – “Oi Shirley, vamos jantar algum dia?” – para você resolver todas as suas dúvidas. Mas, nesse caso, é o seu emprego que está na reta. Vai que ela se ofende com a pergunta, vai que ela jamais quebraria o código de conduta e não tem a intenção de sair com um subordinado, vai que ela simplesmente não quer sair com você. Pode pegar mal. Também acredito que, quando uma pessoa está a fim, ela dá algum tipo de sinal. O lado bom de não estar mais na quarta série é que é bem mais fácil lidar com adultos: se você nunca percebeu nada por parte dela, melhor não correr o risco. O mais provável é que ela não esteja a fim. E você ainda sai lucrando porque não criou um climão no escritório.

Publicidade