Assine SUPER por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Cigarros continuam poluindo o ar mesmo depois de apagados

Bitucas deixadas em casa ou no carro liberam substâncias tóxicas por até uma semana.

Por Maria Clara Rossini
Atualizado em 16 mar 2023, 13h45 - Publicado em 5 fev 2020, 17h31

Os cigarros não fazem mal para a saúde só quando estão acesos. Eles continuam emitindo componentes tóxicos por mais de cinco dias depois que foram apagados. Em apenas 24 horas, uma bituca apagada libera 14% da nicotina que um cigarro aceso emitiria.

Os dados são do Instituto Nacional de Padrões e Tecnologia dos Estados Unidos. A análise foi financiada e feita a pedido da Food and Drug Administration (FDA), o órgão americano que regula produtos relacionados à saúde, como medicamentos, comida, cosméticos e tabaco.

Os pesquisadores fizeram o experimento com mais de dois mil cigarros. As bitucas recém apagadas foram colocadas dentro um compartimento de aço com medidores de poluentes no ar. Eles analisaram a concentração de oito químicos presentes no cigarro, incluindo nicotina.

O cigarro continuou emitindo esses compostos por dias depois que já tinha sido apagado. Do primeiro ao quinto dia, houve liberação contínua de nicotina no ar. Ou seja, o cigarro que foi fumado na segunda-feira ainda está emitindo poluentes no sábado seguinte.

Considerando a quantidade de cigarros fumados no mundo, o resultado é significativo. Estima-se que que os fumantes produzam cinco trilhões de bitucas de cigarro anualmente. Os experimentos foram feitos em várias condições de temperatura e umidade. Quanto mais quente é o espaço, mais rápido os poluentes são liberados, o que pode ser especialmente danoso em um país tropical como o Brasil. 

Os poluentes das bitucas são especialmente problemáticos quando estão em locais fechados, como dentro de casa ou do carro. “Você pode achar que está protegendo a saúde dos seus filhos por não fumar quando eles estão no carro, mas se as bitucas apagadas ficam em algum cinzeiro lá dentro, eles ainda estão expostos”, diz o pesquisador Dustin Poppendieck, que liderou o estudo.

A maneira correta de descartar o cigarro é apagar e então colocá-lo em um coletor de bitucas ou uma lixeira comum. Na falta de uma lixeira por perto, o fumante pode colocar a bituca em um cinzeiro portátil e fechado até achar um lugar mais adequado. Além de prejudicar a saúde de não-fumantes, jogar a bituca na rua contribui para a poluição do solo, já que o cigarro demora até 10 anos para se biodegradar.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.