GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Doenças genéticas: Males criados pela própria evolução

Os primos do homem – chimpanzés, gorilas, orangutangos e babuínos – têm os genes mais bem arrumados do que nós. E por isso não correm tanto risco de ter doenças genéticas. A idéia veio do americano David Rubinsztein, do Hospital de Addenbrooke, em Cambridge.

Ele descobriu que há muito lixo nos genes humanos. São substâncias químicas comuns dos genes mas que começam a se repetir sem necessidade. Um gene pode ter até 250 pedaços iguais, quando devia ter apenas um ou, no máximo trinta. É um tipo de mutação causada pela evolução. A quantidade vai crescendo: do avô para o pai, depois para o filho, para o neto e assim por diante. Chega uma hora que o gene funciona mal e leva a uma doença. Algumas crianças nascem com retardamento mental por causa disso. “A repetição é muito mais forte nos homens do que nos macacos”, diz Rubinsztein. “E aos poucos está aumentando, o que significa mais doenças. ” Mas o ritmo é lento, só pode ser percebido na escala de centenas ou milhares de anos. Por enquanto, não há motivo de preocupação.