GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Nasa acredita que Marte já foi bem parecido com a Terra

A agência explicou o que diferenciou os dois planetas e por que a vida só se tornou possível aqui.

Vales esculpidos por água corrente. Oceanos abundantes. E uma atmosfera estável, que possibilitava justamente toda essa água em estado líquido. É assim que a Nasa descreveu hoje o passado remoto de Marte. De acordo com a agência, nosso vizinho já foi bem mais parecido com a Terra – um planeta quente e úmido – do que imaginávamos. 

Mas o que aconteceu? Como que Marte se transformou nesse deserto gelado e árido de hoje em dia?

A culpa é do Sol. Todos os planetas do sistema solar são assolados o tempo todo por violentos ventos solares, compostos principalmente por prótons e elétrons, que se locomovem a 3 milhões de quilômetros por hora. No caso de Marte, essas tempestades foram as responsáveis por destruir a atmosfera de lá: arrancaram 100 gramas de gases por segundo ao longo de milhões de anos. Assim, foram lentamente dissolvendo a proteção ambiental do Planeta Vermelho, que possibilitava a água em estado líquido. O mesmo não aconteceu com a Terra porque por aqui temos um forte campo magnético que protege nossa atmosfera – algo que nosso vizinho não tem.

A MAVEN (missão da Nasa que analisa a atmosfera e a evolução de Marte) fez uma simulação desse processo. Dá só uma olhada aqui:

Leia também:
– 
NASA encontra rios de água salgada em Marte
A colonização de Marte