Clique e Assine SUPER por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Os primeiros barulhos de Marte

Nasa vai enviar o primeiro microfone ao planeta vermelho na sua próxima missão – que conta com participação brasileira.

Por Ana Carolina Leonardi Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 24 ago 2018, 15h34 - Publicado em 24 ago 2018, 15h28

Em menos de dois anos, conheceremos pela primeira vez a trilha sonora de Marte. Até hoje, ninguém nunca ouviu barulhos do Planeta Vermelho. A Mars 2020, próxima missão da Nasa a pousar por lá, será a primeira a levar um microfone. Parte dos preparativos para a jornada está sendo liderada por um brasileiro: Ivair Gontijo, engenheiro da Nasa e veterano em missões marcianas. Gontijo foi responsável por um dos momentos derradeiros do pouso do robô Curiosity Rover em 2012. E segue representando o Brasil na Mars 2020. Confira a conversa dele com a SUPER:

Qual foi o seu papel durante o pouso do Curiosity?

Eu liderava o grupo responsável pelos transmissores e receptores do radar que controlava a descida do robô. Ele media o quão distantes estávamos da superfície, com uma precisão absurda. Essa informação era essencial – porque era com base nela que o veículo sabia o quanto precisava desacelerar. O objetivo era chegar no chão com velocidade o mais perto possível de zero. Senão, o Curiosity iria se espatifar e US$ 2 bi virariam ferro velho na superfície de Marte.

E como estão os preparos para a Mars 2020?

Continua após a publicidade

Estamos trabalhando febrilmente. Dessa vez, sou responsável pelas interfaces da SuperCam, um dos novos instrumentos. Ela carrega lasers e espectrômetros para estudar possíveis amostras de matéria orgânica. Além disso, vamos ter uma câmera colorida de longa distância e um microfone. Pela primeira vez, ouviremos os sons de Marte. Vai ser bacana.

O que podemos esperar dos sons marcianos?

Continua após a publicidade

Cientistas franceses já simularam a atmosfera marciana aqui na Terra. Com pouco ar e uma concentração muito alta de gás carbônico, descobriram que as frequências sonoras mais altas desaparecem. Um ruído agudo em Marte, então, deve se tornar grave e abafado.

E a missão vai ficar pronta a tempo?

Em julho ou agosto de 2020, acontecerá o lançamento. Precisa acontecer. É só nessa janela em que as órbitas da Terra e de Marte permitem a viagem mais curta possível. A mecânica celeste não espera por ninguém.

Continua após a publicidade

Ivair Gontijo também contou sua história na Nasa, o pouso do Curiosity e o futuro dos estudos do Planeta Vermelho no programa Conversa com Bial. O astrobiólogo Douglas Galante e o jornalista Salvador Nogueira, (que também é nosso colaborador aqui na Super!) também participaram. Para dar uma olhada neste bate papo científico, você pode clicar aqui.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.