Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Rã salgada ressuscita?

Anfíbios zumbis, cervejas gigantes, neves ardentes. Você pergunta, nós respondemos

Por Da Redação Atualizado em 31 out 2016, 18h31 - Publicado em 22 set 2010, 22h00

Emiliano Urbim

Por que a rã, mesmo após morta, limpa e escamada, ainda se mexe quando colocamos sal sobre ela?
CARLOS DIAS,
Goiânia, GO

Talvez sua alma anfíbia, que descanse em paz, já tenha nos deixado. Mas seu corpo está, tecnicamente, vivo. Nossas células mamíferas morrem assim que o sangue quente esfria. Mas os tecidos das rãs dispensam luxos como temperatura interna fixa: “Mesmo que o animal não esteja vivo, sua musculatura ainda está – até uma hora após a morte do animal”, diz Luiz Carlos Kucharski, professor do departamento de fisiologia da UFRGS. Jogar sal sobre esses nervos vai causar movimentos involuntários, provocando o fenômeno conhecido como rãssuscitação – desculpe, Carlos, seguramos o trocadilho até onde foi possível.

Por que não existe cerveja em garrafa de 2 litros?
ALAN FIGUEIREDO,
Cuiabá, MT

Sabe aquele finalzinho de chope, morno, amargo e chocho? É o que você costuma encontrar no fundo de uma cerveja de 2 litros, multiplicado por 6. Mesmo contando com uma tampa que veda o garrafão depois de aberto, o litrão de cerveja permanece uma espécie rara, restrita à Alemanha e cervejarias artesanais. “O volume adequado para consumo em grupo sem que haja perda de gás fica em torno de 600 ml”, afirma o superintendente do Sindicato Nacional da Indústria da Cerveja, Enio Rodrigues. E uma garrafa PET? Essa enfrentaria problemas térmicos (demora mais para gelar), técnicos (depois de um tempo, o sabor é alterado) e mercadológicos (fala sério, cerveja em garrafa de plástico?).

Espirro pra dentro e me mandam espirrar pra fora, mas e se sai ranho? Como vou limpar? E se alguém vir? Ok, foram perguntas retóricas. O que quero saber é: por que casquinhas de ferida coçam?
VERÔNICA UZA,
São Paulo, SP

Só queremos responder sobre espirro, como faz? Brincadeira: segundo Egon Daxbacher, coordenador de departamentos da Sociedade Brasileira de Dermatologia, a coceira tem mais de uma causa: 1º) histamina, um coagulante; 2º) Felipe Massa (ele deixou a histamina passar); 3º) contração da epiderme, fundamental para a formação da casquinha.

Se um atleta se contunde na neve, ele precisa usar gelo?
VALDINAR ALVES,
Piripiri, PI

Considerando que as estações do ano no Piauí são o verão e o inferno, talvez seja difícil de acreditar: os contundidos não só precisam de gelo como abandonam aquele friozinho gostoso por um local aquecido para fazer a aplicação. Com experiência no atendimento de atletas ligados à Confederação Brasileira de Desportos na Neve, Karina Oliani explica que tratar lesões com neve pode ser uma opção em locais remotos. Mas ela teria de ser colocada sob a roupa – uma operação perigosa onde o frio queima a pele. Melhor voltar para a barraca, para o hotel ou pro hospital.

Como Galileu escapou da Inquisição? Abriram uma exceção para ele?
MARCOS MENON,
São Paulo, SP

Dizem que quem tem amigos não morre pagão. Galileu tinha, morreu cristão. “Havia simpatizantes do heliocentrismo na Igreja. Não era ciência de um lado, religião do outro: muitos padres, especialmente jesuítas, eram cientistas”, diz José Goldfarb, professor de história da ciência na PUC-SP. Mas havia limites: seu contemporâneo Giordano Bruno também afirmava que a Terra girava em torno Sol, mas chocava ao dizer que havia vários sóis, vários sistemas solares. E defendia a reforma da Igreja. Resultado: Bruno foi para a fogueira e Galileu não.

Continua após a publicidade

Publicidade
Ciência
Rã salgada ressuscita?
Anfíbios zumbis, cervejas gigantes, neves ardentes. Você pergunta, nós respondemos

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Transforme sua curiosidade em conhecimento. Assine a Super e continue lendo

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

App SUPER para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo da Super. Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da SUPER, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Receba mensalmente a SUPER impressa mais acesso imediato às edições digitais no App SUPER, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês

Publicidade