Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Sob pressão, SeaWorld deixa de reproduzir orcas – e anuncia mudanças em shows

Atual geração de bichos será a última a viver nos parques da rede

Por Felipe Germano Atualizado em 31 out 2016, 18h59 - Publicado em 21 mar 2016, 22h00

O parque de diversões americano SeaWorld anunciou que sua atual geração de orcas será a última. Em comunicado, a empresa se comprometeu a não reproduzir os animais que já mantém em cativeiro. A empresa atualmente possui 29 mamíferos da espécie, espalhados por 11 parques. Eles não serão soltos – porque, segundo o SeaWorld, não teriam condições de sobreviver sozinhos, na natureza. 

LEIA: 5 mil quilos de vingança

Os bichos continuarão sendo exibidos aos visitantes, mas de outro jeito – em “encontros educacionais”, nos quais as orcas poderão ser vistas fazendo exercícios físicos que, em teoria, visam a melhorar sua saúde. As exibições em que as orcas fazem truques e dão pulos vão acabar. “Nós vamos apresentar novos encontros com orcas, ao invés de shows teatrais. Isso faz parte do nosso atual comprometimento com a educação, pesquisa e resgate de animais marinhos”, afirmou o parque em um comunicado. Em novembro, a filial da marca em San Diego já havia interrompido os shows envolvendo orcas.

Em 2013 o SeaWorld virou alvo de polêmica após o lançamento do documentário Black Fish. O filme acusa a empresa de maltratar as orcas, colocando-as em ambientes mal iluminados, restringindo sua interação com outros animais, e forçando-as a fazer movimentos que fugiam de sua natureza, para divertir o público.  O parque ainda não se pronunciou sobre os demais shows envolvendo animais marinhos, como outra de suas atrações: os golfinhos. 

LEIA TAMBÉM:

A rainha do mar, a baleia
Por que as baleias têm cérebro tão grande?
Por que as baleias encalhadas morrem?

Continua após a publicidade

Publicidade
Ciência
Sob pressão, SeaWorld deixa de reproduzir orcas – e anuncia mudanças em shows
Atual geração de bichos será a última a viver nos parques da rede

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Transforme sua curiosidade em conhecimento. Assine a Super e continue lendo

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

App SUPER para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo da Super. Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da SUPER, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Receba mensalmente a SUPER impressa mais acesso imediato às edições digitais no App SUPER, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês

Publicidade