Assine SUPER por R$2,00/semana
Imagem Blog

Ciência Maluca Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por redação Super
Este blog não é mais atualizado. Mas fique à vontade para ler o conteúdo.
Continua após publicidade

Mulheres baixinhas têm mais orgasmos

Por Thiago Perin
Atualizado em 21 dez 2016, 10h08 - Publicado em 30 mar 2012, 14h07

Os dados vêm de dois estudos superantigos, feitos em 1924 e 1940, mas duas pesquisadoras da Universidade de Emory (EUA) se debruçaram sobre eles em 2010 e reconfirmaram as conclusões: quanto menor é a distância entre o clitóris e o canal vaginal da mulher, maior é a probabilidade de ela ter orgasmos durante o sexo.

E sim, essa distância tende a ser menor em mulheres menores. Apesar de isso não ser uma regra, a maioria das mulheres altas está em clara desvantagem.

E qual é o espaçamento que mais favorece o prazer? De acordo com as pesquisas, que analisaram a relação entre altura e frequência de orgasmos em cerca de 90 voluntárias de todas as idades, a mulher é mais propensa a ter orgasmos se a distância entre o clitóris e o canal vaginal for menor do que a largura do próprio dedão.

(A foto que ilustra o post é de uma cena famosa do filme Harry e Sally – Feitos um para o outro, de 1989, em que a atriz Meg Ryan simula um orgasmo no meio de uma lanchonete; assista aqui. Meg tem 1,70 m e não é exatamente baixinha, mas relevem, vai.)

Continua após a publicidade

(Via Barking up the wrong tree)

Crédito da foto: reprodução

Leia também:
Jeito de andar diz se mulher já teve orgasmos
Pessoas altas são mais felizes
Mulheres altas parecem mais inteligentes

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

A ciência está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por SUPER.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.