Assine SUPER por R$2,00/semana
Imagem Blog

Oráculo

Por aquele cara de Delfos
Ser supremo detentor de toda a sabedoria. Envie sua pergunta pelo inbox do Instagram ou para o e-mail maria.costa@abril.com.br.
Continua após publicidade

Como as marcas determinam a validade dos antitranspirantes?

48 ou 72 horas? Entenda o funcionamentos destes produtos e como são os testes que definem sua duração.

Por Luisa Costa
Atualizado em 3 jan 2023, 11h55 - Publicado em 16 dez 2022, 10h23

Vamos, primeiro, ao funcionamento dos antitranspirantes. Eles inibem a transpiração bloqueando as glândulas sudoríparas, presentes na pele e responsáveis pela produção de suor, com sais de alumínio. A reação química que eles promovem fornece um bloqueio superficial e, você sabe, temporário. Os sais também combatem as bactérias que devoram proteínas e gorduras do nosso suor – liberando, em troca, substâncias fedidas.

Pois é, os antitranspirantes são dois em um: reduzem o suor e o cecê. (Perceba que há diferença para os desodorantes, que não inibem o suor; só reduzem o mau cheiro, disfarçando-o com fragrâncias agradáveis ou atuando sobre as bactérias.)

Dito isso, vamos à duração deles. As marcas precisam informar ao consumidor por quanto tempo os antitranspirantes cumprem sua missão após serem aplicados. Para isso, após comprovarem a segurança dos produtos, fazem testes com voluntários. A ideia é comparar quanto suor uma pessoa libera usando ou não o antitranspirante em determinado período de tempo.

A Nivea, por exemplo, faz assim: seus voluntários vestem camisetas de um tecido que absorve o suor liberado. Os indivíduos seguem suas rotinas normalmente: primeiro sem usar o antitranspirante da marca; depois, aplicando o produto e usando outra camiseta. Aí o pessoal da empresa pesa as duas roupas para verificar o quão ensopada está cada uma: é a chave para comparar quanto suor o voluntário liberou em cada ocasião. Desta forma, os testes determinam se o produto é capaz de reduzir a transpiração dos usuários por 48 ou 72 horas.

Fonte: Leonardo Adami, gerente de pesquisa e desenvolvimento da Nivea.

Compartilhe essa matéria via:
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.