Assine SUPER por R$2,00/semana
Imagem Blog

Oráculo

Por aquele cara de Delfos
Ser supremo detentor de toda a sabedoria. Envie sua pergunta pelo inbox do Instagram ou para o e-mail maria.costa@abril.com.br.
Continua após publicidade

Por que o touro é símbolo da bolsa de valores?

Ele não é. O touro simboliza algo mais sutil: ações em alta. E há um animal "antônimo" para ações em baixa.

Por Bruno Vaiano Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 28 jul 2023, 10h43 - Publicado em 21 jul 2023, 17h44

Ele não simboliza a bolsa como um todo. Bull market (“mercado do touro”) é um jargão para quando as ações estão em alta. Daí o bicho ser amuleto. 

Na principal bolsa alemã, em Frankfurt, há uma estátua diferente: um touro e um urso. O ursinho Pooh simboliza o contrário, ações em queda. Parece estranho que também haja um animal para representar a queda, já que, em princípio, ela é algo ruim.

Mas o fato é que alguns investidores torcem para isso, porque eles operam de outro jeito: primeiro, vendem uma ação que não têm, e só depois compram a dita-cuja para entregar. Eles lucram quando o valor da ação cai nesse intervalo. Ou seja: apostam na queda. Esse é um procedimento chamado short selling. Em português, é “venda a descoberto”.

Na verdade, a maior parte dos investidores age ora como urso, ora como touro. Se o tempo é de vacas magras, você faz short selling para ganhar mesmo com as ações caindo. Quase ninguém com experiência no mercado aposta só em altas ou só em baixas. É por isso que estátua dupla em Frankfurt é algo mais próximo da realidade.

“Vender a pele do urso antes de caçá-lo” é um provérbio inglês, daí a associação entre o animal e quem faz isso. Primeiro, vieram os ursos. Só depois o touro foi adotado como antônimo, talvez porque ele ataca chifrando para cima (a verdade é que ninguém sabe ao certo).

Pergunta de Giovanna Oliveira, via e-mail

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.