Assine SUPER por R$2,00/semana
Imagem Blog

Oráculo

Por aquele cara de Delfos
Ser supremo detentor de toda a sabedoria. Envie sua pergunta pelo inbox do Instagram ou para o e-mail maria.costa@abril.com.br.
Continua após publicidade

Quais as melhores propriedades para comprar no Banco Imobiliário?

Sim, algumas casas realmente são mais frequentadas do que outras. Confira o gráfico e descubra onde é melhor investir.

Por Maria Clara Rossini
17 mar 2022, 11h42

O pulo do gato é saber quais são as mais frequentadas. Diferente do que imagina o senso comum, a probabilidade não é a mesma para todas as casas do jogo. As propriedades que ficam na linha após a cadeia têm mais visitantes. E o motivo é simples. 

Os jogadores passam por lá quando param na casa da cadeia, mas também quando dão a má sorte de cair em “vá para a cadeia”. Assim, as chances de um jogador terminar sua rodada na prisão é, em média, duas vezes maior. Por outro lado, os participantes jamais vão terminar a rodada exatamente no lado oposto do tabuleiro, já que a casa que existe ali é outra que manda o azarado… para a cadeia.

Outro ponto a se levar em conta é que cartas de “sorte ou revés” podem mandar o jogador avançar duas casas, mas nenhuma manda o jogador para uma casa aleatória lá do outro lado do tabuleiro. Logo, propriedades próximas às casas “sorte ou revés” também são mais frequentadas.

O cálculo ainda deve considerar a probabilidade dos dados. Por exemplo: só há uma chance de o jogador andar 12 casas (tirando 6 em cada um dos dados), mas três vezes mais chances de andar dez casas (tirando dois 5, as combinações de 4 e 6 ou 6 e 4). Sabemos que todos os jogadores começam no ponto de partida e têm a possibilidade de voltar para ele por meio da carta “sorte ou revés”. Então, a propriedade que está a dez casas do ponto de partida tem mais chances de ser frequentada do que uma que está a 12 casas, porque existem mais combinações de dados possíveis que resultam em dez. Além disso, a propriedade logo após o ponto de partida é menos frequentada, porque o jogador jamais vai tirar 1 no dado (tanto o Banco Imobiliário quanto o Monopoly usam dois dados). 

Continua após a publicidade

Mas você não precisa ficar fazendo contas de probabilidade sozinho. O gráfico abaixo mostra onde é mais provável que o jogador termine a rodada. O cálculo foi feito com base no tabuleiro do Monopoly, a versão internacional do Banco Imobiliário. Embora outras versões possam ter pequenas mudanças nas configurações das casas, a lógica permanece a mesma.

Gráfico mostrando um tabuleiro de Monopoly isométrico, com uma barra em cada casa representando uma porcentagem.
(Natalia Sayuri Lara/Maria Clara Rossini/Superinteressante)
Compartilhe essa matéria via:
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.