Clique e Assine SUPER por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Manual: como ganhar todas no Banco Imobiliário?

Vire o Seu Barriga: aprenda as regras exatas do jogo, as melhores propriedades para comprar e até como "aproveitar" o seu tempo na prisão.

Por Rafael Battaglia
17 mar 2021, 14h59

NÃO SEJA o banco

Ilustração do banqueiro do jogo Banco Imobiliário.
(Luiza Simão/Superinteressante)

O volume de responsabilidades com os outros jogadores pode atrapalhar o seu próprio jogo. E não se esqueça de cobrar pequenos benefícios que podem passar despercebidos. Por exemplo: você ganha uma certa quantia toda vez que passa pela casa de início.

Nasceu quadrado

Ilustração de uma pessoa na prisão, segurando as barras e vestindo roupas listradas em preto e branco.
(Luiza Simão/Superinteressante)

Há três jeitos de ser preso: caindo na casa, pegando uma carta punitiva ou tirando números iguais três vezes nos dados. No começo do jogo, pague a fiança rápido ou não sobrarão bons terrenos para você. Ficar no xilindró é negócio no final, quando o tabuleiro é um campo minado de aluguéis.

Derrube a oferta

Ilustração das casinhas utilizadas no Banco Imobiliário.
(Luiza Simão/Superinteressante)

Há um número finito de casas no jogo. Ou seja: ainda que construir hotéis vá garantir um aluguel maior, às vezes é melhor encher as suas propriedades com residências. A renda ainda será razoável, e você deixará os outros jogadores com menos peças disponíveis para construir (e depois alugar) casas em seus próprios terrenos.

Não é só sorte

Ilustração do tabuleiro do Banco Imobiliário com as melhores casas destacadas.
(Luiza Simão/Superinteressante)

Para cobrar mais aluguéis, compre terrenos em que os jogadores passam mais (marcados em rosa ao lado). A regra básica: o lugar mais frequentado do tabuleiro é a prisão, e o número mais comum no lançamento de dois dados é o 7. Ou seja: o paraíso fica a sete casas da cadeia.

Continua após a publicidade

+ Dicas

  • Siga as instruções. Algumas regras inventadas, comuns em famílias brasileiras e gringas, injetam grana no jogo e atrasam o objetivo final (você só ganha quando todos os outros forem à falência).
  • O manual sugere mudanças para encurtar a partida. Você pode, por exemplo, agilizar o trâmite de construção de hotéis ou estipular um tempo máximo – quem tiver mais dinheiro ao final, vence.
  • Nada de agiotas: o jogo não permite empréstimos feitos pelo banco ou entre jogadores. Está precisando de grana? Comece vendendo casas e hotéis ao banco – ele paga metade do preço.
  • Negociar propriedades entre jogadores é uma boa estratégia. Afinal, as construções só podem começar se você tiver todos os terrenos de um mesmo grupo de cores.
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.