Clique e assine a partir de 8,90/mês

Manual: como não sair da dieta?

Dietas não precisam ser um martírio. Com um pouco de planejamento, dá para comer muitas coisas que você gosta – e até dar uma escapadinha de vez em quando.

Por Rafael Battaglia - Atualizado em 24 mar 2020, 10h51 - Publicado em 20 mar 2020, 13h46

 

1 – Fuja de dietas radicais

Dietas com pouquíssimas calorias ou com um alimento só são muito restritivas e impossíveis de se manter a longo prazo, além do risco de desnutrição. O ideal é fazer refeições com todos os grupos de alimentos. De preferência, sob orientação profissional.

Continua após a publicidade

2 – Planeje as suas compras

Vá ao mercado semanalmente. Compre alimentos frescos, nas quantidades exatas que vai consumir em cada refeição – elas serão planejadas com antecedência. Isso evita excessos. Manter um calendário ou diário para marcar os dias em que você seguiu a dieta também ajuda.

3 – Não se prive de refeições livres

Continua após a publicidade

Escolha duas refeições da semana para comer o que quiser, sem culpa. De resto, siga uma alimentação balanceada. Afinal, você não precisa nem deve evitar festas e happy hours: momentos de lazer são exceções que dão ânimo. Triste, é mais fácil desistir.

4 – Coma fibras. Muitas fibras

Continua após a publicidade

Quanto mais você mastiga uma comida, mais rápido o cérebro aumenta a sensação de saciedade. Invista em coisas crocantes, como talos, frutas com casca e sementes, ou adicione chia, linhaça e aveia em seus lanches e refeições.

Outras dicas certeiras

Home office

Você ficou em casa por causa do coronavírus? Aproveite o tempo extra para cozinhar e manter a dieta – e use as refeições livres para quebrar o tédio.

Na hora de montar o prato…

Continua após a publicidade

A regra de ouro é dividi-lo em “T”: metade com saladas, legumes e verduras; um quarto reservado a carboidratos e o outro, para as proteínas.

Ficou com fome?

Invista em lanchinhos que são fonte de proteína, como iogurtes e queijos – eles dão uma sensação de saciedade maior que bolachinhas insossas.

Não sabe cozinhar?

Continua após a publicidade

Muitos lugares vendem marmitas balanceadas. Basta comprar uma para cada dia da semana, respeitando as dicas deste Manual, e armazená-las na geladeira.

Fontes: Cinthia Roman Monteiro, professora de Nutrição do Centro Universitário São Camilo; Bruna Gardim, nutricionista.

Publicidade