Clique e Assine SUPER por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Listas e cartas de amor: papéis esquecidos dentro de livros viram acervo digital

Uma biblioteca americana digitalizou 350 itens inusitados esquecidos dentro dos livros emprestados. Confira alguns deles.

Por Luisa Costa
Atualizado em 9 ago 2022, 18h11 - Publicado em 9 ago 2022, 16h36

Quem carrega livros pra lá e pra cá sabe bem o que é ficar sem um marca páginas. Nesses casos, vale usar um papel improvisado para não esquecer onde parou na leitura: uma nota fiscal, a lista do mercado, um panfleto. Também sabe o que é perder para sempre esse papel, às vezes importante. (Um certificado de vacinação, no meu caso.)

Agora, imagine quantos pequenos esquecimentos os livros que retornam às bibliotecas podem guardar. São centenas de itens inusitados, como descobriu Sharon McKellar em seu quase 20 anos trabalhando como bibliotecária na Oakland Public Library (OPL, Estados Unidos). 

Fotografias, cartões postais, rabiscos de crianças e cartas de amor: ela coleciona tudo o que encontra entre páginas dos livros. São objetos ordinários e anônimos, vestígios acidentalmente deixados por estranhos que, algum dia, fizeram empréstimos na biblioteca. Mas são também pequenos tesouros para os curiosos. Por isso, Sharon reuniu todos eles em um arquivo digital.

Found in a Library Book” (“Achados em um livro de biblioteca”, em tradução livre) é o nome da coleção, disponível no site da OPL. São cerca de 350 objetos encontrados por Sharon e colegas bibliotecários de filiais próximas. Ela dá um título, digitaliza e categoriza cada item.

Dá para ficar um tempão vasculhando o “achados e perdidos” online. (E é mais divertido que rolar o feed do Instagram.) Há uma página só para itens esquecidos por crianças, por exemplo, e outra para artefatos diversos: agulha de crochê, rótulo antigo de refrigerante e cartão de telefone pré-pago do Vietnã.

Confira abaixo alguns objetos da coleção:

– Um cartão postal da Cidade Maravilhosa.

Cartão postal do Rio de Janeiro esquecido dentro de livro.
(Oakland Public Library/Divulgação)

– Um post-it colado na página de um livro, no qual se registrou a surpresa diante das ilustrações: “O esquilo pode digitar!!!”.

Anotação em post-it deixada dentro de livro.
(Oakland Public Library/Divulgação)

– Um desenho de criança com um “papai robô” que diz “Calculando… Eu amo cerveja!”.

Desenho esquecido dentro de livro.
(Oakland Public Library/Divulgação)

– Um recado romântico, também em inglês. 

Bilhete esquecido dentro de livro.
(Oakland Public Library/Divulgação)

Em tradução livre: “Lembre-se, eu te amo, querida. O passado é o passado, então não vamos levá-lo para casa conosco. Eu só quero te amar e ser feliz. :)”

– Um papel que registra intrigas entre crianças (junto a um desenho do sapo Keroppi, personagem da Sanrio). 

Continua após a publicidade
Bilhete esquecido dentro de livro.
(Oakland Public Library/Divulgação)

Em tradução livre:

“— Cheyenne é malvada.

— Não, ela não é, Serena.

Continua após a publicidade

— Ela é malvada comigo. Você me odeia?

— Não, de verdade.”

– Um marca página (!) dos Simpsons, que diz “Leia, cara”.

Marca página dos Simpsons esquecido dentro de livro.
(Oakland Public Library/Divulgação)

Sharon não tem muitos critérios para decidir o que entra ou não na coleção – afinal, todos os objetos poderiam ser interessantes para alguém. Mas ela impõe alguns limites: não inclui fotos que pareçam recentes, e também censura informações privadas, como nomes completos e endereços de papéis digitalizados.

Compartilhe essa matéria via:
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.