Clique e assine a partir de 8,90/mês

O grande líder sioux

A obra, ainda incompleta, foi começada em 1939 nas Montanhas Negras do Estado de Dakota do Sul, EUA, pelo escultor americano Korczak Ziolowsky, que morreu em 1982 sem vê-la terminada.

Por Da Redação - Atualizado em 31 out 2016, 18h49 - Publicado em 28 fev 2002, 22h00

A maior escultura do mundo é a do índio sioux Crazy Horse (Cavalo Louco), com 175 metros de altura e 195 metros de comprimento. A obra, ainda incompleta, foi começada em 1939 nas Montanhas Negras do Estado de Dakota do Sul, EUA, pelo escultor americano Korczak Ziolowsky, que morreu em 1982 sem vê-la terminada. Hoje, sua família continua a obra gigantesca, que deverá demorar muitos anos para ficar pronta. Para fazê-la, foi preciso explodir com dinamite várias toneladas de rochas e instalar um teleférico para esculpir a cabeça. Entre 1860 e 1870, Crazy Horse combateu o Exército americano empenhado em conquistar o oeste, conseguindo várias importantes vitórias. Na mesma cadeia de montanhas estão também esculpidas as cabeças dos quatro presidentes americanos mais famosos – George Washington, Thomas Jefferson, Theodore Roosevelt e Abraham Lincoln –, conhecidas como Memorial Nacional do Monte Rushmore. Cada cabeça do monumento tem 18 metros de altura.

Publicidade