Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

“Running Up That Hill”: conheça outras séries que usaram a música de Kate Bush

O clássico dos anos 1980 voltou às paradas globais graças à Stranger Things. Mas a série da Netflix não foi a primeira a reconhecer o potencial da canção.

Por Maria Clara Rossini Atualizado em 3 ago 2022, 09h34 - Publicado em 1 jul 2022, 15h53

Sem o devido contexto, a escalada de “Running Up That Hill” para o top 10 global do Spotify desde o final de maio pode soar estranha. A canção, lançada em 1985 pela britânica Kate Bush, fez sucesso nos anos 1980, só agora atingiu o ápice da popularidade: no último dia 7 de junho, ela se tornou a música mais ouvida da plataforma de streaming.

O sucesso coincide com o lançamento da quarta temporada de Stranger Things, que chegou à Netflix no dia 27 de maio. “Running Up That Hill” é a música favorita da personagem Max (Sadie Sink), e toca em uma cena impactante do quarto episódio.

A música carrega um ar, no mínimo, misterioso. Nada melhor para preencher uma série sobre acontecimentos sobrenaturais ambientada nos anos 1980 (cuja nova leva de episódios estreou nesta sexta, 1º de julho). Mas a Netflix não foi a primeira a perceber o potencial da composição.

Pelo menos nove séries de TV já haviam usado a música recém-descoberta pela geração Z antes de antes de Stranger Things (leia mais sobre elas abaixo). Mas a supervisora de música da série, Nora Felder, garante que não se inspirou em nenhuma delas. Felder disse à Billboard que ouviu a canção pela primeira vez na rádio, nos anos 1980, e foi imediatamente comprar o álbum “Hounds of Love”, de Bush. Décadas depois, o hit pareceu perfeito para a série.

Apenas um ano após seu lançamento, “Running Up That Hill” já virou música tema da série dramática infantil Running Scared (1986), da emissora britânica BBC. A trama acompanha uma garota adolescente que descobre evidências contra uma gangue e passa a ser perseguida:

O hit também aparece no filme A Guerra do Chocolate (1988), que acompanha a hierarquia social dentro de uma escola católica para garotos. A produção americana pretendia usar a música “Heroes”, de David Bowie. Mas o custo dos direitos autorais ficaria muito alto, então optaram pela canção de Bush.

Em 2003, a banda britânica Placebo fez um cover melancólico de “Running Up That Hill”. Essa versão aparece no primeiro episódio da quarta temporada de The O.C., lançado em 2006. Ela também dá as caras no 11º episódio da segunda temporada de Bones, do mesmo ano. Uma dobradinha:

Continua após a publicidade

O sucesso do cover não se limitou a 2006. Ele também está no segundo episódio da oitava temporada de CSI: Crime Scene Investigation, de 2007; no 16º episódio da segunda temporada de NCIS: Los Angeles; além do episódio piloto de The Vampire Diaries, de 2009. Na cena, o vampiro Stefan (Paul Wesley) é acusado de ter atacado dois humanos.

Na série Big Little Lies, a versão do Placebo aparece no sexto episódio da segunda temporada, lançado em 2019. Em How To Get Away With Murder, a canção serve de fundo para as cenas finais do 12º episódio da quinta temporada, também de 2019.

De volta à versão original da canção. Ela é uma das músicas mais marcantes da série Pose, que dá visibilidade a personagens queer. No primeiro episódio, lançado em 2018, a música toca no encontro entre Angel (Indya Moore) e Stan (Evan Peters). Ao final da cena, Angel diz: “Essa vai ser a nossa música a partir de agora”. E a canção se torna o tema do casal.

O volume 2 da quarta temporada de Stranger Things estreou nesta sexta, 1º de julho, na Netflix.

Compartilhe essa matéria via:
Continua após a publicidade

Publicidade
Cultura
“Running Up That Hill”: conheça outras séries que usaram a música de Kate Bush
O clássico dos anos 1980 voltou às paradas globais graças à Stranger Things. Mas a série da Netflix não foi a primeira a reconhecer o potencial da canção.

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Transforme sua curiosidade em conhecimento. Assine a Super e continue lendo

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

App SUPER para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo da Super. Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da SUPER, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Receba mensalmente a SUPER impressa mais acesso imediato às edições digitais no App SUPER, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês

Publicidade