GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Como era o interior da pirâmide de Quéops, no Egito?

A Grande Pirâmide foi o túmulo final de Quéops. Mas você não precisa morrer para conhecê-la por dentro

Piramide

ILUSTRAS Alexandre Jubran

1) Perdeu o chapéu

Especula-se que, no topo, havia uma “minipirâmide”, provavelmente de ouro ou algum outro material nobre. Chamada “pyramidion”, ela era decorada com desenhos religiosos, como forma de adoração aos deuses que cuidavam da vida e da morte

2) Escrito nas estrelas

Em duas faces opostas (sul e norte) da pirâmide estão dois canais de ventilação. Mas múmias não precisam respirar, certo? Bom, a alma delas precisa. Esses dois túneis serviam para orientar o espírito de Quéops quando chegasse a hora de ascender às estrelas. Um estava alinhado com as estrelas polares e o outro com a constelação de Órion

3) Quarto do líder

Localizada quase no centro da edificação, a Câmara Real continha a múmia e os tesouros de Quéops – todos roubados ao longo do século 20. Só o sarcófago permaneceu, porque é maior do que a entrada da câmara (veja-a ampliada abaixo, depois da legenda 8)

Piramide3

+ Quais são os principais deuses egípcios?

+ As pragas do Egito realmente existiram?

4) Caminho bloqueado

O principal corredor interno, com 46,7 m de comprimento, é chamado de Grande Galeria. Ela é até espaçosa: tem 2,1 m de largura. Aqui, foram encontradas três lajes de granito que impediam o avanço de invasores ou ladrões

5) Cadê a patroa?

Antes da Câmara Real existe outro “quarto”. No início das explorações arqueológicas, supôs-se que ele era reservado à esposa do faraó. Por isso, foi batizado de Câmara da Rainha. Mas não há indícios de que alguma soberana tenha sido sepultada ali. O mais provável é que abrigasse uma estátua de Quéops

6) Elevador de serviço

A Grande Pirâmide de Quéops contém mais corredores e poços que as outras. Alguns são tão estreitos que foram estudados só com câmeras robóticas. Este poço era uma rota alternativa para os trabalhadores e sacerdotes escaparem da tumba. Eles seguiam até a câmara subterrânea e depois subiam à superfície por outra saída. Após os trabalhos, essa saída foi selada com lajes de granito

7) Antessala da morte

Até “porão” a pirâmide tem. A câmara subterrânea estava ligada por um poço à Grande Galeria, mas nunca foi usada ou sequer terminada. Por isso, os arqueólogos não têm certeza sobre seu propósito. A melhor especulação é que seria o ambiente para o enterro do faraó

8) Garagem de navios

Há cinco fossos para barcos. Isso mesmo: barcos! Um deles estava quase totalmente conservado quando foi encontrado em 1954 pelo arqueólogo egípcio Kamal el Mallakh. Ele tinha 43,3 m de comprimento e serviu para trazer o corpo de Quéops até ali. Foi desmontado cuidadosamente e remontado no museu que fica ao pé da Grande Pirâmide.Esses veículos foram guardados nas pirâmides porque os faraós eram enterrados com seus bens para usá-los no pós-vida

Piramide2

Pichação das antigas

O teto da Câmara Real é uma grande sacada da engenharia. Blocos de granito de quase 40 toneladas compõem cinco “câmaras de alívio”. Elas dispersam o peso colossal acima delas, evitando o desabamento da estrutura. Nesses blocos foram encontradas inscrições com nomes do faraó e dos trabalhadores que ajudaram a erguer a obra

+ Como era a vida de um faraó?

+ Como era a morte de um faraó?

FONTES Livros History: The Definitive Visual Guide, vários autores, How It Works: Book of Incredible History, vários autores, As Grandes Maravilhas do Mundo, de Russell Ash e Richard Bonson; e sites PBS NovaSmithsonian MagazineBBC HistoryiO9LiveScienceDiscoveryNBC NewsNational GeographicHarvard Gazettearcheology.orgDerby TelegraphBrooklyn MuseumBritannicaHuffington PostThe TelegraphScienceDailyArcheology Magazine History Channel