Assine SUPER por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Dentes de 4 mil anos revelam abrangência da peste bubônica pela Europa

A descoberta revela migração da doença para além da Europa continental, atingindo moradores da Grã-Bretanha nesse período

Por Leo Caparroz
Atualizado em 5 jun 2023, 17h53 - Publicado em 30 Maio 2023, 19h15

A peste bubônica foi responsável por matar um terço da Europa no século 14. A doença infecciosa é causada pela bactéria Yersinia pestis, que é transmitida de roedores para humanos pela picada de pulgas infectadas.

A peste já existia da Europa há muito tempo: pesquisas mostram que ela já estava no continente no período neolítico, 5 mil anos atrás. Agora, um novo achado abrange sua área de incidência e revela um pouco mais sobre seu caminho.

Um grupo de pesquisadores analisou os dentes de 34 indivíduos enterrados em dois cemitérios do Reino Unido. Os dentes de duas crianças e uma mulher testaram positivo para o DNA de Y. pestis.

A cepa britânica é compatível com outras encontradas no continente – uma forma da bactéria que ainda não tinha a mutação necessária para usar pulgas como vetores. Esta é a primeira evidência de que a Y. pestis tenha se espalhado da Europa continental para a Grã-Bretanha nessa época. 

Continua após a publicidade

A distância entre os dois cemitérios é grande, então os pesquisadores acreditam que a bactéria tenha se espalhado amplamente pela região. A confirmação não é uma surpresa, já que o contato entre o continente e a ilha já estava estabelecido nessa altura. Mesmo assim, os pesquisadores consideram impressionante que uma doença causada por roedores tenha migrado dessa forma.

A peste é uma doença antiga, mas que ainda está entre nós. A bactéria continua infectando ratos e pulgas ao redor do mundo, causando casos no continente africano e na China, por exemplo. A diferença é que, com o avanço dos conhecimentos médicos, é possível conter o seu impacto. Desde isolamento para os infectados até antibióticos que reduzem a taxa de morte, ela já não é mais tão devastadora assim.

Contágio: Infecções de origem animal e a evolução das pandemias

Compartilhe essa matéria via:
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

A ciência está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por SUPER.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.