GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Em nome de Alá

700 - 1200<br>Na base da guerra santa, os islâmicos conquistaram um território que ia da Espanha até a fronteira com a Índia

Texto Rui Dantas e Eduardo Lima

A avassaladora expansão do islamismo foi um dos fenômenos mais impressionantes do período medieval. No início do século 8, menos de 200 anos após a morte do profeta Maomé, os exércitos de Alá já batiam às portas da Índia e invadiam a Espanha. No caminho, conquistaram todo o norte da África e o Oriente Médio – sempre em nome do jihad, ou melhor, da guerra santa. Resultado: por volta de 750, a civilização islâmica só perdia para a chinesa em extensão territorial. E também não cava muito atrás no quesito sofisticação.

Apesar da imagem de bárbaros popularizada no Ocidente, os muçulmanos da Idade Média não eram só conquistadores mas também arquitetos, filósofos, cientistas e inventores de mão cheia. Ergueram cidades modernas para os padrões daquela época, muito mais limpas e bem planejadas que as europeias. Toleraram a diversidade religiosa, admitindo comunidades cristãs e judaicas em seus territórios. E só não foram mais longe em suas conquistas por dois motivos: ausência de um poder central, capaz de manter o mundo islâmico unido; e a reação da Europa cristã, doida para se livrar dos mouros na península Ibérica e na Terra Santa.

ENQUANTO IS, NA CHINA… PÓLVORA E IMPRESSÃO

A dinastia Song, que reunificou o território chinês entre os anos de 960 e 1279, apresenta ao mundo duas invenções revolucionárias. A primeira foi a prensa de madeira, em 1040, desenvolvida inicialmente para estampar tecidos, mas que logo acabaria sendo usada também sobre papel (propiciando a impressão de livros numa escala inédita até então). A segunda foi a pólvora, em 1044 – cujo impacto nem é preciso citar, principalmente no que se refere à “arte” de fazer guerras.

700

AMÉRICAS
• A civilização maia está em franco declínio.

ÁSIA E OCEANIA
• Surge o primeiro reino khmer no atual Camboja.
• Tropas chinesas da dinastia Tang são derrotadas por árabes na Ásia Central.
• A tradição hindu é retomada na Índia, depois de longo período de influência budista.

860

AMÉRICAS
• Os toltecas fundam a cidade de Tula e passam a controlar quase todo o México.

ÁSIA E OCEANIA
• A dinastia Tang entra em colapso e a China se fragmenta.

ÁFRICA E O. MÉDIO
• A cidade de Audaghost (Mauritânia) vira um importante centro comercial.

970

EUROPA
• El Cid expulsa muçulmanos da Espanha e vira herói nacional.

ÁFRICA E O. MÉDIO
• Exércitos cristãos tomam dos islâmicos a cidade de Jerusalém.

AMÉRICAS
• As civilizações tolteca e maia se fundem no México.

1100

EUROPA
• A Ordem dos Cavaleiros Templários é criada para proteger peregrinos cristãos em viagem a Jerusalém.

ÁSIA E OCEANIA
• O chá é introduzido no Japão por mercadores chineses.

1200

Brilhantismo islâmico
Show de bola para cima dos europeus

Enquanto a Europa chafurdava nas trevas da Idade Média, a civilização islâmica vivia uma época dourada. Por volta do século 10, cidades como Córdoba, Granada e Sevilha estavam entre as mais avançadas do mundo. A chamada Era de Ouro do Islã foi marcada por progressos científicos.

ASTRONOMIA
Os árabes viraram mestres na observação do céu porque procuravam nas estrelas a exata localização de Meca. Trouxeram a bússola da China e aperfeiçoaram o astrolábio (foto).

MATEMÁTICA
Pais da álgebra como a conhecemos hoje, os islâmicos da Idade Média deixaram como legado matemático mais notável os chamados algarismo árabes: os numerais de 0 a 9, que tomaram o lugar dos romanos no Ocidente.

MEDICINA
Álcool e éter foram introduzidos com sucesso na medicina islâmica medieval. Os árabes inventaram uma variedade de instrumentos cirúrgicos (foto), entre eles o bisturi.

QUÍMICA
Os árabes são os fundadores da química como ciência. Foram os primeiros a abandonar experiências no campo da alquimia (tentativa de transformar em ouro metais menos nobres) e inventaram o alambique.

INVENÇÕES
A lista de invenções atribuídas à civilização islâmica medieval inclui: pó de café, sabão em barra, pasta de dentes, xampu, biblioteca pública, hospitais especializados (psiquiátricos, por exemplo) e recolhimento de lixo.

Cruzadas
Reação cristã ao domínio árabe sobre Jerusalém

O domínio árabe sobre Jerusalém acabou provocando uma reação da Europa católica. Em 1099, o papa Urbano 2º rogou a todos os reinos sob sua infl uência que se unissem em exércitos e reconquistassem a Terra Santa. Assim começaram as Cruzadas – uma série de incursões militares contra os islâmicos entre os séculos 11 e 13. No fi m das contas, as tropas de Alá levaram a melhor. E o resultado do confl ito não poderia ser outro: aprofundamento das hostilidades entre o cristianismo e o islamismo.