GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Jogo Raging Boll:surra nos críticos

A arena está montada. A missão de Uwe Boll, um diretor de cinema enfurecido com as péssimas opiniões sobre seus filmes, é enfrentar os críticos no ringue.

Rita Loiola

A arena está montada. A missão de Uwe Boll, um diretor de cinema enfurecido com as péssimas opiniões sobre seus filmes, é enfrentar os críticos no ringue. Para lutar com ele, basta publicar dois artigos massacrando seu trabalho. Bem vindo ao jogo Raging Boll.

Parece um game bagaceira, mas aconteceu de verdade, no dia 23 de setembro, em Vancouver, Canadá. Boll, que adaptou games como Alone in the Dark e Blood Rayne para cinema, cansou de ser uma unanimidade em filmes ruins. Não quis mais saber do abaixo-assinado com 13 mil nomes pedindo para ele deixar de ser cineasta. Em junho, colocou no ar um vídeo desafiando seus críticos – inclusive Quentin Tarantino – a uma luta de verdade em um ringue. No filme-game Raging Boll (trocadilho com o filme Raging Bull, “Touro Indomável”, de Martin Scorsese) ele extravasa todo o seu ódio. “Estou de saco cheio de ver as pessoas xingando meus filmes sem ver”, disse ele. “Se querem me destruir, a chance é agora. Ou agüentam ou calam a boca!”

Cinco críticos que aprenderam a lutar vendo Rocky na TV aceitaram a provocação. O primeiro a levar pau do diretor alemão, que por acaso é pugilista amador, foi Carlos Argüello, do Cinecutre, um site sobre filmes trash. Tentou fugir do ringue logo depois de levar um safanão. Os outros 4 beijaram a lona em menos de 3 rounds e saíram dizendo que os filmes ficaram muito melhores depois de umas porradas. “Viu o que acontece quando eles tomam uns socos na cabeça? Eles gostam do meu trabalho!”, disse um convencido Uwe Boll no fim da pancadaria. As lutas foram parar no YouTube (www.youtube.com) e vão aparecer no próximo filme. Alguma dúvida de que vai ser bem ruim? (Calma, sr. Boll, nós adoramos os seus filmes.)

Curto e grosso

Cineasta diz que adora bater em chatos

SUPER: Qual a sensação de espancar quem fala mal do seu trabalho?

Boll: Ótima.

SUPER: A mídia virou sua aliada depois da luta?

Boll: Claro.

SUPER: O desafio foi um incentivo à violência fora das telas?

Boll: Claro.

SUPER: Qual será sua reação às próximas críticas negativas?

Boll: Vou nocautear todos.