Clique e Assine SUPER por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Parte do Muro de Berlim é demolida para dar lugar a condomínios de luxo

Pedaço de 60 metros, construído para reforçar a divisão da cidade, era um dos maiores ainda de pé.

Por Carolina Fioratti
Atualizado em 8 abr 2020, 17h10 - Publicado em 8 abr 2020, 17h07

Do dia para a noite, uma seção de 60 metros do Muro de Berlim, localizada no bairro de Pankow, foi ao chão para dar espaço a condomínios de luxo. Apesar da Fundação do Muro de Berlim (responsável pela preservação da área) afirmar que não sabia do procedimento, o vereador da cidade Vollrad Kuhn disse que a demolição já estava prevista.

A parte destruída fazia parte do Hinterland Mauer, parede interna que foi instalada na década de 1970 para reforçar a primeira barreira, construída em 1961. A intenção era impedir que os refugiados que passavam pelo primeiro muro chegassem aos trens que levavam para Estetino, na Polônia. Diferente da East Side Gallery, o pedaço não era considerado monumento histórico, logo não era tombado. Não era muito famoso – apenas moradores do bairro e alguns grafiteiros davam atenção ao espaço. 

Mas a Fundação do Muro de Berlim e o Museu da RDA (Alemanha Oriental) consideravam o local importante, pois ele continha um dos maiores pedaços do muro ainda de pé. No aniversário de 30 anos da queda do muro, em 2019, disseram estar trabalhando para manter a seção preservada. Infelizmente, não conseguiram.

Continua após a publicidade

Ainda restam 24 quilômetros de muro erguido, grande parte considerada de importância histórica. Mas algumas áreas, como essa de Pankow, acabaram esquecidas nos subúrbios, tomadas por plantas e grafites. 

O Muro de Berlim foi derrubado em 9 novembro de 1989. Ele dividia a cidade entre a parte ocidental e oriental. Quem estava do lado ocidental podia passar para o outro lado, mas o contrário era proibido. Até que chegou um comunicado confuso da Alemanha Oriental que parecia liberar as viagens do lado oriental para o ocidental. Então, milhões de moradores correram para o muro, atacando-o com ferramentas e levando-o ao chão.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.