Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Tumba ligada ao Rei Arthur será alvo de escavações pela primeira vez

A Pedra de Arthur é uma tumba com mais de 5 mil anos e um dos maiores monumentos pré-históricos da Inglaterra. Pesquisadores estão atrás de pistas sobre quem a construiu.

Por Luisa Costa Atualizado em 26 jul 2022, 13h33 - Publicado em 8 jul 2022, 17h05

Quando o Rei Arthur derrotou um gigante em uma batalha, diz a lenda, este foi ao chão e deixou a impressão de seus cotovelos em uma pedra. O local é chamado de “Pedra de Arthur”, está a cerca de 200 quilômetros ao noroeste da atual Londres – e será alvo de escavações pela primeira vez.

A Pedra é uma tumba com mais de 5 mil anos e um dos maiores monumentos pré-históricos da Inglaterra. Hoje restam apenas as grandes pedras da câmara interna, que foi coberta por terra. São nove pedras verticais, cobertas por uma horizontal de 25 toneladas.

Uma investigação anterior, realizada fora da tumba, mostrou que a Pedra de Arthur se estendia ao sul e passou por duas fases distintas de construção. Agora, serão conduzidas escavações por pesquisadores da Universidade de Manchester (Inglaterra) e da English Heritage, uma organização pública que cuida do patrimônios histórico inglês.

Os pesquisadores esperam achar vestígios dos bretões neolíticos que construíram e usaram a tumba. A área ao redor da Pedra é rica em arqueologia pré-histórica, e já foram encontrados restos esqueléticos incompletos de várias pessoas, pontas de flecha e cerâmica em outros monumentos por lá.

“A Pedra de Arthur é um dos monumentos pré-históricos de destaque do Reino Unido, mas ainda é pouco conhecido”, afirma Julian Thomas, um arqueólogo da Universidade de Manchester, em comunicado. “Nosso trabalho busca restaurar o monumento ao seu devido lugar na história da Grã-Bretanha neolítica.”

As escavações serão realizadas com a ajuda de voluntários, e serão organizadas visitas ao local durante o processo. Assim, o público terá a oportunidade de ver os pesquisadores trabalhando na lendária Pedra de Arthur.

Compartilhe essa matéria via:

Continua após a publicidade

Publicidade
História
Tumba ligada ao Rei Arthur será alvo de escavações pela primeira vez
A Pedra de Arthur é uma tumba com mais de 5 mil anos e um dos maiores monumentos pré-históricos da Inglaterra. Pesquisadores estão atrás de pistas sobre quem a construiu.

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Transforme sua curiosidade em conhecimento. Assine a Super e continue lendo

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

App SUPER para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo da Super. Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da SUPER, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Receba mensalmente a SUPER impressa mais acesso imediato às edições digitais no App SUPER, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês

Publicidade