GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

A enguia é um fio desencapado

Depois de cada choque, levam dias até carregar as pilhas novamente. De hábitos noturnos, as enguias vivem até 22 anos nos rios de águas calmas da América do Sul.

Com as enguias (Electrophorus electricus) nunca há crise de energia. Esses peixes de formato alongado, que chegam a 2,5 metros de comprimento, são capazes de produzir descargas elétricas de até 600 volts – quase cinco vezes mais fortes que uma tomada doméstica. O segredo está na cauda do animal. Um conjunto de músculos modificados do rabo funciona como uma série de três pilhas. A mais fraca é usada como um órgão sensorial, que auxilia na navegação e na comunicação com outras enguias. Outras duas, mais fortes, servem como mecanismo de ataque e defesa. Quando a enguia precisa imobilizar um peixe antes de engoli-lo, ou defender-se de algum predador, basta encostar no bicho para descarregar toda a energia acumulada de uma vez. Mas nem pense em criar uma delas para ajudar na conta de luz. Além de ser perigoso, elas não conseguiriam manter uma corrente constante. Depois de cada choque, levam dias até carregar as pilhas novamente. De hábitos noturnos, as enguias vivem até 22 anos nos rios de águas calmas da América do Sul.