Clique e assine a partir de 8,90/mês

À prova de arrependimento: chegou a tatuagem que dura apenas um ano

E para quem quer voltar atrás ainda mais rápido, tem também uma tinta que funciona como "branquinho"

Por Ana Carolina Leonardi - Atualizado em 31 out 2016, 19h04 - Publicado em 13 Maio 2016, 21h15

Os caracteres chineses foram substituídos por símbolos do infinito. Agora, são os desenhos celtas que se espalham pelos corpos das pessoas – e quem sabe o que vai vir daqui a alguns anos? O ponto é: as tatuagens da moda são populares por um (curto) tempo. Mas quem entrou em alguma onda e se arrependeu não se livra fácil delas.

Um grupo estudantes de engenharia de Nova York encontrou uma solução para quem não quer um compromisso para a vida toda com uma tatuagem ou, pelo menos, quer ter a chance de voltar atrás sem ter que passar pelo processo caro e dolorido da remoção à laser.

Eles fundaram a empresa Ephemeral Tattoos, que tem como principal produto uma tinta que dura um ano na pele. Para entender como funciona, primeiro é preciso pensar em como uma tatuagem tradicional é feita.

A agulha do tatuador ultrapassa a camada externa da pele, a epiderme, e vai injetar a tinta na segunda camada, a derme. Aí vem a cicatrização da tatuagem – porque o corpo trata o processo como se fosse um machucado. A primeira reação do sistema imunológico é gerar uma inflamação e mandar anticorpos até a região. Só que o pigmento da tatuagem é composto de partículas muito maiores que seus glóbulos brancos. Eles não tem condições de absorver a tinta – por isso a tatuagem pode até desbotar ao longo do tempo, mas não sai.

Continua após a publicidade

LEIA: Tatuagens melhoram seu sistema imunológico

A nova tinta tem partículas menores, de um tamanho que o corpo é capaz de absorver e eliminar. Mas daí sua tatuagem sairia muito rápido. Por isso, os engenheiros criaram uma cápsula protetora ao redor do pigmento, feita de um material que vai naturalmente se desgastando ao longo de um ano.

Se não bastasse a tinta, eles também criaram a borracha. Para quem achar que 1 ano é muito tempo, a empresa também vai lançar uma solução removedora, que ajuda a romper a cápsula da nova tinta e a reduzir as partículas do pigmento. E essa solução pode ser aplicada com a agulha tradicional do tatuador – basta usá-la por cima do desenho original. Uma anti-tatuagem, por assim dizer.

O produto ainda está em fase de testes. Falta descobrir, por exemplo, quanto tempo a tatuagem demora para sair completamente depois que completa um ano. O chute dos fundadores é que leve de uma semana a um mês.

Continua após a publicidade

O lançamento está planejado para agosto de 2017. Então, se você está em dúvida se deveria ou não tatuar aquele desenho da moda, vale a pena esperar um ano para fazê-lo sem medo. E quem sabe até lá a própria moda já mudou.

LEIA TAMBÉM:
Essas tatuagens temporárias são testes de alergia
Onde dói mais fazer tatuagem?
Arte à flor da pele

Publicidade