Clique e Assine SUPER por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Como se tornar um guarda-florestal?

Por Helena Arnoni
Atualizado em 22 fev 2024, 11h13 - Publicado em 18 abr 2011, 18h49
guarda-florestal

Passar todos os dias em contato com a natureza parece perfeito, mas essa profissão também tem seus perigos. “A extração ilegal de palmito é uma modalidade de crime organizado. Já teve funcionário morto por essa gente”, diz o guarda-florestal Eduardo Lourenço da Silva, responsável pelo Parque Estadual Xixová-Japui, no litoral de São Paulo. É bom não confundir esse trabalho com o da polícia florestal – braço da polícia militar. Os guardas-florestais são funcionários civis, ligados às secretarias estaduais ou municipais do meio ambiente.

LEIA MAIS

– Como se tornar um detetive particular?

Continua após a publicidade

– Como se tornar um astronauta?

FORMAÇÃO

Graduação e pós-graduação: um curso superior não é obrigatório, mas é recomendável que se façam cursos específicos da área

Continua após a publicidade

Outros cursos: para ser um guarda-florestal só é preciso ter o ensino fundamental completo e passar em concurso público. Mas quem quer se aprofundar pode fazer cursos técnicos oferecidos por entidades como o Senac (www.senac.br/guiadeprofissoes)

O que se aprende: esses cursos especializados dão noções sobre primeiros socorros, legislação ambiental, técnicas policiais e de resgate, explicações sobre ecossistemas…

TRABALHO

Área de atuação: os guardas-florestais são funcionários públicos que trabalham na divisão das florestas e dos parques estaduais, fiscalizando essas áreas

Dia-a-dia: não existe uma rotina fixa. Num dia você pode servir como monitor para grupos que visitam o parque. No outro, pode estar coibindo a caça, a pesca predatória e o desmatamento no local, tendo que inclusive enfrentar criminosos ambientais. A parte burocrática da coisa é a necessidade de fazer relatórios sobre todas as atividades diárias que você executa

Situação do mercado: faltam profissionais em alguns estados, como São Paulo. O problema é que os concursos públicos para preencher essas vagas não são feitos com freqüência

Continua após a publicidade

O que vale mais a pena: a oportunidade de trabalhar ao ar livre, em contato com a natureza, e saber que sua atividade ajuda a preservar o meio ambiente

Por que pensar duas vezes: nem sempre é muito fácil conscientizar as pessoas sobre o papel de cada um na conservação ambiental

REMUNERAÇÃO

Salário inicial: por volta de 500 reais

Salário possível após dez anos:

pode chegar a 3 mil reais se você mudar de cargo, como para técnico em segurança florestal

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.