Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Como surgiu o elevador?

Acredita-se que as grandes pirâmides do Egito tenham sido erguidas com a ajuda de guindastes primitivos baseados em cordas e apoios. O grego Arquimedes desenvolveu vários sistemas de polias e roldanas para erguer cargas, que os romanos aperfeiçoaram. Mas foi só depois da Revolução Industrial, no século XIX, que a máquina a vapor possibilitou a […]

Por Redação Mundo Estranho Atualizado em 4 jul 2018, 20h28 - Publicado em 18 abr 2011, 18h58
800px-ESB_Elevators

Acredita-se que as grandes pirâmides do Egito tenham sido erguidas com a ajuda de guindastes primitivos baseados em cordas e apoios. O grego Arquimedes desenvolveu vários sistemas de polias e roldanas para erguer cargas, que os romanos aperfeiçoaram. Mas foi só depois da Revolução Industrial, no século XIX, que a máquina a vapor possibilitou a construção de elevadores fixos para transportar materiais e, principalmente, pessoas. O primeiro sistema de segurança que impede a queda do elevador em caso de rompimento das cordas foi criado em 1852 pelo americano Elisha Grave Otis (1811-1861). Era baseado em trilhos serrilhados que prendiam a plataforma se ela perdesse sustentação.

“Isso permitiu o transporte de seres humanos e tornou possível a verticalização das cidades, pois sem elevadores não poderia haver grandes edifícios”, diz o engenheiro Antonio Thomazini, da Otis, empresa fundada por Elisha. De lá para cá, foram sendo inventados sucessivos sistemas de motores, controle e segurança que fizeram do elevador o meio de transporte mais seguro do mundo.

LEIA MAIS

– Como funciona o elevador?

– Qual é o elevador mais rápido do mundo?

Marcha para o alto Quatro momentos na evolução dos levadores

100 a.C. MOINHO HUMANO

Um alto-relevo encontrado em uma tumba romana traz a mais antiga imagem de um guindaste movido a “moinho humano” que se conhece. Ele tinha um sistema de polias operado por cinco trabalhadores

Continua após a publicidade

1853 SUBIDA A VAPOR

Os primeiros elevadores da era industrial eram movidos por máquinas a vapor e seus cabos se enrolavam em grandes tambores. A abertura e o fechamento das portas era manual e o controle por válvulas exigia um operador treinado

1932 ARRANHA-CÉUS

Os 67 elevadores instalados no Empire State Building, em Nova York – então o mais alto edifício do mundo -, empregavam basicamente o mesmo modelo usado até hoje. Um motor elétrico, situado numa casa de máquinas em cima ou embaixo do fosso, movimenta o elevador e um contrapeso. Todo o sistema é automatizado, bastando apertar um botão

2000 INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

Os mais modernos elevadores de hoje atingem velocidades de até 15 metros por segundo, com cintas flexíveis no lugar dos cabos de aço, empregando programas de inteligência artificial para lidar com grandes fluxos de pessoas. Os motores, além de serem menores e dispensarem a antiga casa de máquinas, aceleram e desaceleram gradativamente, sem solavancos

Em Nova York, no ano de 1854, o inventor Elisha Grave Otis manda cortar as cordas da plataforma para demonstrar o sistema de segurança que tornou possíveis os elevadores

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Transforme sua curiosidade em conhecimento. Assine a Super e continue lendo

Impressa + Digital

Plano completo da Super. Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da SUPER, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Receba mensalmente a SUPER impressa mais acesso imediato às edições digitais no App SUPER, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

App SUPER para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)